Mauro Picini
Ligado em Você

Por Mauro Picini

Entretenimento
Mauro Picini

Parque das Aves espera receber 6 mil turistas no feriadão do Dia de Finados

Além de proporcionar uma experiência única com aves da Mata Atlântica, atrativo traz novidades aos visitantes no maior viveiro de imersão do Brasil e a possibilidade de o visitante alimentar cerca de 300 periquitos

Parque das Aves espera receber 6 mil turistas no feriadão do Dia de Finados
Parque das Aves

27 de outubro de 2020 - 15:49 - Atualizado em 27 de outubro de 2020 - 15:49

O feriado de Finados, em 2 de novembro, irá movimentar ainda mais o Parque das Aves, em Foz do Iguaçu. Após a pandemia que deixou o atrativo fechado por 6 meses, o Parque, que está aberto das 9h às 17h, espera receber cerca de 6 mil turistas do Brasil no intervalo entre os dias 31 de outubro e 2 de novembro.

Este ano, o feriadão prolongado cai em uma segunda-feira, e com o fim de semana serão três dias consecutivos de folga para o turista, visitante de Foz do Iguaçu, conhecer aves da Mata Atlântica, aprender sobre elas e aproveitar momentos de recreação e turismo em contato com a fauna e flora desse bioma diverso e rico.

De acordo com Jurema Fernandes, diretora administrativa do Parque das Aves, o atrativo está preparado para receber os visitantes neste momento de aumento da demanda.

“O Parque está todo sinalizado com o distanciamento necessário entre as pessoas, há álcool em gel em diversos pontos espalhados pela trilha e o uso de máscara é obrigatório em todo o percurso”.

A previsão otimista se repete a cada feriado prolongado. No feriadão do Dia das Crianças e da Padroeira, o movimento no atrativo foi 75% superior ao feriado da Independência.

“A cada feriado temos superado o nosso volume diário de visitantes e isso, certamente, nos fará chegar a patamares anteriores à pandemia cada vez mais rápido”, diz Jurema.

Novidades no Parque das Aves

No retorno da pandemia, o Parque das Aves presenteia o visitante com duas novidades únicas no Brasil: o Viveiro Cecropia, maior viveiro de imersão do Brasil e um dos maiores do mundo só com aves resgatadas de tráfico e maus-tratos; e a possibilidade de o visitante alimentar cerca de 300 periquitos dentro do Viveiro Cecropia com um mix de sementes, uma experiência interativa que aproxima o visitante ainda mais da natureza respeitando os limites das espécies.

O Parque está inserido no principal remanescente de Mata Atlântica de interior do Brasil e durante a trilha o visitante encontra uma aventura de descobertas e conhecimentos sobre as espécies de animais que habitam o Parque. Além do Cecropia, o Parque tem outros quatro viveiros de imersão, que são espaços onde o turista fica bem próximo de diversas espécies de aves: Pequenos Marrons, Aves de Rio e Mangues, Viveiros das Araras e o Borboletário.

Segundo Jurema, o Parque proporciona ao visitante uma experiência imersiva no segundo bioma mais biodiverso do mundo. Uma experiência com árvores, plantas, borboletas, insetos e outros elementos da natureza que fazem o turista se encantar com as belezas, os cheiros e sons da floresta.

“O nosso trabalho traz paz, encantamento e momentos inesquecíveis ao visitante. Somos um Centro de Conservação de Aves da Mata Atlântica, por isso, além de viver uma experiência memorável, o visitante ainda está contribuindo na construção de um mundo melhor”, conta.

Venda antecipada

A procura por ingressos neste feriado será grande, então a orientação é que os visitantes comprem as entradas com antecedência, para garantir a data e horário da visita. Os ingressos estão disponíveis no site do Parque das Aves e o pagamento pode ser feito com o cartão de crédito.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.