Entretenimento

Mágicos celebram 100 anos de truque que serra pessoas ao meio

Reuters
Reuters
Mágicos celebram 100 anos de truque que serra pessoas ao meio
Mágico David Copperfield

15 de janeiro de 2021 - 11:46 - Atualizado em 15 de janeiro de 2021 - 11:50

LONDRES (Reuters) – Ele chegou, serrou e conquistou. Cem anos atrás, a ser comemorado no domingo, o ilusionista P.T. Selbit colocou uma mulher em uma caixa no palco do Finsbury Park Empire, de Londres, e serrou a madeira, criando um clássico da mágica.

Agora, 100 anos depois, mágicos de todo o mundo se reunirão online neste fim de semana para celebrar o centenário dessa atuação marcante.

“Isso decolou e se tornou o número de ilusionismo mais influente e famoso que já existiu, na minha opinião”, disse o mágico e historiador Mike Caveney, que está escrevendo um livro sobre o truque.

“O mágico não estava fazendo esse truque com um objeto inanimado. Ele estava fazendo isso com um ser humano, o que o elevou a um nível totalmente novo.”

Na versão original, a serra passou, a caixa foi aberta e a pessoa saiu ilesa.

Com o passar dos anos, os mágicos desenvolveram refinamentos. O famoso mágico David Copperfield criou sua própria versão, “The Death Saw”, em que ele era amarrado a uma plataforma enquanto uma lâmina giratória gigante o cortava em dois.

Às vezes, ele realmente se machucava, disse Copperfield em uma entrevista para o evento online de domingo.

“Eu fui cortado algumas vezes pela lâmina porque a lâmina estava um pouco fora, você sabe, os palcos são diferentes em cada teatro”, afirmou Copperfield.

A organização Magic Circle, com sede em Londres, comandará as celebrações com um evento transmitido ao vivo no Facebook a partir das 15h (horário de Brasília) de domingo.

(Reportagem de Sarah Mills)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH0E0YB-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.