Entretenimento

Madeleine Peyroux vem a Curitiba para única apresentação no Guairão

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais
Madeleine Peyroux vem a Curitiba para única apresentação no Guairão

12 de setembro de 2019 - 00:00 - Atualizado em 12 de setembro de 2019 - 00:00

Madeleine

A maneira como desafia os limites do jazz em suas canções coloca Madeleine Peyroux como um dos maiores nomes do gênero na atualidade. Característica lhe rendeu belas críticas em seus 23 anos na indústria musical, como ser considerada a nova Billie Holiday – uma das mais marcantes cantoras de jazz da história. Os curitibanos poderão ver de perto essa “dança” musical no sábado (13), às 21 horas, em apresentação única no Guairão.

E é essa a promessa da cantora. “No show vamos rir, chorar, dançar… mas a maior parte do tempo dançar (risos)”, conta, com muito bom humor em entrevista para a TOPVIEW por telefone. Madeleine vai apresentar as novas músicas de seu último álbum, Anthem, além de fazer uma retrospectiva dos maiores sucessos da carreira.

Madeleine começou na música aos 16 anos cantando nas ruas de Paris. Hoje, acumula nove álbuns, nos quais transita graciosamente entre o jazz, blues, folk, soul-funk e até pop. Quando pergunto se há um preferido, a resposta é categórica: não. “A música americana, como a brasileira, é multicultural. É como se fosse [a mistura de] um fado com música brasileira e africana”, diz. Na brasileira, consegue expressar facilmente sua preferência – Elis Regina. Mas o que adora mesmo cantar é Tom Jobim.

Seu olhar político sobre as formas de viver fica claro na escolha da faixa-título, Anthem, do cantor e compositor Leonard Cohen. Outra canção do disco, The Brand New Deal, é uma crítica à sociedade atual. “Eu sempre mantenho a minha verdade – agora, por exemplo, estou tomando uma cerveja (gargalhada)”. Assim como na vida, por mais que o álbum seja político, Madeleine ainda mantém espaço para um olhar divertido sobre as situações. 

O disco reúne compositores e músicos como Patrick Warren, Larry Klein e David Baerwald, com canções antigas que refletem os dias de hoje. “Acredito no poder que a música tem para te fazer ser uma pessoa melhor. As músicas que me tocam são aquelas que falam sobre o ser humano” conta. Sua preferida é All My Heroes, pois sente que “ela define toda a minha vida e minha identidade.”

Em seus momentos de folga, gosta de estar assim como estava durante a entrevista: tomando uma cerveja com amigos e, é claro, cantando. Aliás, ainda reforça que um de seus objetivos é conhecer as cachaçarias brasileiras. 

Serviço:

Data: 13 de setembro
Horário: 21h
Local: Guairão
Ingresso: Disk Ingressos 

O post Madeleine Peyroux vem a Curitiba para única apresentação no Guairão apareceu primeiro em TOPVIEW.