Jorge Jubrail
Pensamentos e Reflexões

Por Jorge Jubrail

Livros
Jorge Jubrail

Valorize seu jardim

“Aquele jardim era sua vida, não importava quantas borboletas ali pousassem.”

Valorize seu jardim

23 de junho de 2020 - 08:39 - Atualizado em 23 de junho de 2020 - 11:39

Não há nada mais deprimente que perder a fé e a esperança. Não podemos deixar nos abater pelas adversidades da vida, temos que criar nosso paraíso, nosso jardim, seja ele do tamanho que for, cuidar com muito amor e carinho, sem nos importarmos com a grama do jardim do vizinho; a inveja é um veneno que envenena a nós mesmos, não esqueçamos.

Numa rua atrás de onde resido, fotografei este jardim, que existe aqui há anos, desde que nos mudamos em 2010, o admiro. Quando passo a pé por ele, observo o esmero e o amor que o jardineiro lhe dedica, jardineiro que, aliás, é um morador de rua que ganha a vida como guardador de carros, que chama a todos os motoristas de doutor ou doutora, talvez por trajarem e estacionarem seus jalecos “metalizados” de “doutores” na sua calçada, próximos ao seu jardim.

Esse “pontinho verde”, ornamentado com tampinhas coloridas de garrafas pets, transpassadas por um barbante para envolver os arbustos plantados na calçada é, também, o cantinho onde o jardineiro guarda seus poucos pertences, uma mochila com algumas mudas de roupas e um galão que lhe serve de balde para armazenar a água utilizada na higiene pessoal e para lavar suas roupas. É nesse pequeno espaço que ele deposita sua fé e a esperança de saber que diariamente tem seu cantinho ali, seu jardim.

Precisamos agradecer todos os dias pela oportunidade de viver e nos lembrarmos que existem jardins maiores, menores, mais ou menos verdes, mais ou menos perfumados, mas, o nosso jardim precisa ser sempre motivo de agradecimento e felicidade. Primeiro, nos contentemos com o que temos, para depois lutar pelo que não temos, não há como ser diferente, o Universo nos retorna o que doamos e agradecemos.

“Os homens cultivam cinco mil rosas num mesmo jardim e não encontram o que procuram. E, no entanto, o que eles buscam poderia ser achado numa só rosa.”–  Antoine de Saint-Exupéry

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.