Jorge Jubrail
Pensamentos e Reflexões

Por Jorge Jubrail

Livros
Jorge Jubrail

Microconto: Um café com paz e harmonia

Lentamente tomou o seu café fumegante, como se fosse ela própria, uma extensão do coador.

Microconto: Um café com paz e harmonia

7 de maio de 2020 - 00:00 - Atualizado em 4 de junho de 2020 - 15:56

Vamos falar de epicentro? Não o da pandemia, que segundo alguns especialistas, estamos entrando nele, mas, o epicentro da vida. Vamos mergulhar no nosso íntimo para nos conhecer melhor e nos tornarmos o centro de nossas vidas, em primeiro lugar nós e não é egoísmo com certeza. Para podemos ser uteis à sociedade, precisamos estar bem conosco mesmo. Portanto, vamos nos aceitar, nos amar, nos perdoar e, principalmente, nos resguardar nesse momento de isolamento social, pensando em nós e no próximo.

Cuidar da saúde física é muito importante, mas, precisamos fazer o mesmo com a saúde mental. Com uma simples pergunta, podemos refletir muito sobre nós mesmos: – Como foi seu café da manhã? –Precisamos primeiro agradecer muito ao Pai Maior; inicialmente, por ter acordado com uma nova oportunidade de nos aperfeiçoarmos, depois, pela oportunidade de ter um café da manhã, infelizmente, um luxo para muitos irmãos na Terra.

Se durante o café ficamos focados no excesso de notícias tóxicas sobre a política, COVID-19, no trabalho home office ou no que fazer para o almoço. Definitivamente, não é essa a energia que devemos colocar no momento que exige alegria, agradecimento e emanação de bons fluídos àqueles que não tem a mesma oportunidade. Repetindo, nós precisamos ser o epicentro de nossas vidas, para promovermos o terremoto de mudanças que queremos ver na terra, que só será possível com a transformação pessoal.

A saúde mental pode ser muito prejudicada conforme o tempo que estamos vivendo. Se vivemos muito no passado e no futuro, preocupados e ansiosos, corremos o risco de manifestarmos doenças psicológicas. Cuide-se, reencontre no seu íntimo a Centelha Divina e reacenda sua Luz, para levar paz e harmonia para onde quer que se vá, seja se locomovendo ou “viajando mentalmente” para rever lugares e pessoas.

“Que haja transformação, e que comece comigo.”Marilyn Ferguson

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.