Entretenimento

Líderes da maior universidade de artes da Hungria renunciam por medo de controle estatal

Reuters
Reuters
Líderes da maior universidade de artes da Hungria renunciam por medo de controle estatal
Primeiro-ministro da Hungria, Viktor Orban, durane evento em Bled, na Eslovênia

31 de agosto de 2020 - 14:41 - Atualizado em 31 de agosto de 2020 - 14:45

BUDAPESTE (Reuters) – A administração da prestigiosa Universidade de Artes Cênicas e Cinematográficas da Hungria renunciou nesta segunda-feira em protesto contra a imposição de uma comissão indicada pelo governo que dizem que minará a autonomia da escola.

Os apoiadores do primeiro-ministro, Viktor Orbán, e jornalistas pró-governo argumentam há tempos que, desde que este obteve um terceiro mandato em 2018, é hora de operar uma mudança cultural em favor de valores conservadores para acabar com o que chamam de domínio de liberais e figuras da esquerda nas artes húngaras.

Há uma década no poder, o nacionalista Orbán vem endurecendo continuamente o controle governamental sobre várias instâncias da vida pública, incluindo universidades, a Academia de Ciências Húngara e a mídia estatal. Oligarcas próximos do premiê compraram largas parcelas da mídia privada.

Em um discurso feito após sua vitória eleitoral contundente de 2018, Orbán disse que a tarefa principal é “inserir o sistema político em uma era cultural”.

Uma lei aprovada pelo Parlamento no início do ano transferiu a propriedade da escola de teatro estatal, que tem 155 anos de história, a uma fundação privada. O governo indicou uma comissão de cinco membros, rejeitando membros propostos pela universidade. Já o senado da universidade disse ter sido privado do direito de decidir questões sobre orçamento, organização e recursos humanos.

“Era um fundamento para nós que, se não sobrar nada da autonomia da instituição, então devemos nos recolher às salas de aula para ensinar”, disse a vice-reitora Eszter Novak.

tagreuters.com2020binary_LYNXMPEG7U1C4-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.