Famosos

Leandro Hassum faz apelo pela volta do humor popular e não politizado

Nos próximos meses, o humorista estreia com o filme ‘Tudo Bem no Natal que Vem’ na Netflix, sua primeira parceria com a plataforma de streaming

Caroline
Caroline Berticelli / Editora
Leandro Hassum faz apelo pela volta do humor popular e não politizado
Foto: Reprodução/Instagram leandrohassum

25 de setembro de 2020 - 15:22 - Atualizado em 25 de setembro de 2020 - 15:31

O comediante Leandro Hassum fez uma crítica séria sobre a forma com que os programas e seus colegas de profissão têm tratado o humor na atualidade. Para ele, é preciso que o humor volte a ser popular, não apenas politizado e, muito menos, polarizado como vem acontecendo.

Hassum não desmereceu comediantes que tratam de política, mas lembrou o famoso personagem Justo Veríssimo, de Chico Anysio, que falava do tema sem escolher nenhum lado e era uma crítica a todos os políticos corruptos.

“Eu acho que tem que ter o comediante que tem esse viés político, que sabe piada sobre política, por exemplo, o Chico Anysio fazia o Justo Veríssimo e não existia polarização. […] Esse tipo de humor eu não sei fazer, eu não gosto de fazer. O que eu acho é que em hoje em dia tá acontecendo, é que está só apostando, principalmente, na TV aberta, nesse humor de levantar bandeiras políticas. Mas tem que ter espaço para o humor popular, para quem quer só sentar em frente à uma televisão e rir, achar graça do humor simples, o rir somente pelo riso. Às vezes eu me posiciono na minha rede social com algum comentário político, mas é do absurdo da coisa, não do lado político que é”, disse 

O candidato honesto faz humor com política sem levantar bandeiras. (Foto: Reprodução/Instagram leandrohassum)

No desabafo feito durante sua participação no programa Boa da Pan, da Joven Pan Curitiba, em setembro deste ano, Hassum fez um apelo para que as redes de televisão voltem a dar espaço para o humor popular e apostar “no riso apenas pelo riso”. 

“Eu quero tirar de você o sorriso, eu quero tirar de você a identificação, que você ria das mesmas coisas que eu vivo na minha vida, que você vive na sua vida. Essa identificação que eu quero que o público tenha comigo. Esse é o grande barato do humor popular, esse humor popular a TV aberta está nos devendo. Eu faço aqui esse protesto: TV aberta, seja lá o canal que for, aposte no humor popular, no riso apenas pelo riso. Pare com essa coisa de só fazer coisa política, engajada, cabeça. […] Eu não faço piada para bolha, eu faço piada para todo mundo rir. Por isso, que meus filmes são um sucesso, é porque eu faço uma comédia que o filho ri, o pai ri, a avó ri, a sogra ri, todo mundo se diverte e se identifica em algum momento”, ressaltou sobre a importância do humor popular. 

Hassum na Netflix

Nos próximos meses, a Netflix irá lançar sua primeira parceria com o comediante, o filmeTudo Bem no Natal que Vem’ ficará disponível antes do fim do ano. Hassum contou ao Boa da Pan que tem contrato de três anos com a plataforma de streaming e que virão outras produções pela frente, pós-pandemia.

“A gente conseguiu terminar antes da pandemia o meu primeiro filme na Netflix, meu primeiro original. Vai ser um filme de Natal, uma comédia deliciosa para a família toda”, contou.

Assista parte da participação do comediante no Boa da Pan: 

View this post on Instagram

E ainda fez um apelo, assista!

A post shared by Programa BOA DA PAN! (@boadapan) on