Entretenimento

Família pet mais seguida do Brasil é de Curitiba: conheça os cães Gudan e Blant

Os cães que conquistaram a internet são da raça husky siberiano e integram a Família Turbo

Daniela
Daniela Borsuk com informações de Priscila Sena, assessora de imprensa
Família pet mais seguida do Brasil é de Curitiba: conheça os cães Gudan e Blant
(Foto: Divulgação/ Assessoria de Imprensa)

13 de outubro de 2021 - 11:58 - Atualizado em 13 de outubro de 2021 - 11:59

A família pet mais seguida nas redes sociais do Brasil é de Curitiba. Com mais de 13 milhões de seguidores juntos, os perfis dos cães Gudan e Blant, e de seus humanos Zanq, de 24 anos, e Isabelle Miranda, de 27 anos, já atingiram a importante marca com menos de um ano nas plataformas. Os cães que conquistaram a internet são da raça husky siberiano e integram a Família Turbo.

Um dos grandes responsáveis por todo o sucesso da família é o Gudan. Também conhecido como Imperador do Modo Turbo, Gudanzinho foi o primeiro a alcançar 1 milhão de seguidores no Instagram. Ele atingiu esse marco com menos de um ano no aplicativo. O husky faz parte de um dos segmentos de maior ascensão nas redes sociais. De acordo com a Squid, empresa de marketing digital especializada em influenciadores, os perfis com personagens pet ocupam o 4º lugar no ranking de engajamento.

Gudan tem um ano e sete meses e já é um pet influencer desde pequenininho. Só no TikTok são 7 milhões de seguidores, totalizando mais de 150 milhões de curtidas. No Instagram, o lobo selvagem já soma mais de 1 milhão de amigos. No Youtube são 625 mil usuários assistindo o peludo. No Kwai já são 514 mil seguidores. O husky também tem Twitter, Facebook e outras redes que, juntas, somam mais de 9 milhões de seguidores.

Os pais do Gudan não imaginavam a proporção que o perfil ganharia. “Foi bem surpreendente! Nem passava pela cabeça que pudéssemos chegar a 1 milhão. Estamos muito felizes e isso só nos motiva a continuar com os conteúdos”, conta Isabelle.

Como surgiu Gudan, o husky

Além do Gudanzinho, os outros responsáveis pelo sucesso dos perfis são o Zanq e a Isabelle. Assim que os dois passaram a morar juntos, viram que faltava preencher um espaço na casa. A solução veio em março de 2020, com um focinho e muitos pelos. Gudan chegou bem novinho e precisou ser bastante cuidado. Em pouco tempo, o filhote virou um membro da família.

Sempre brincalhão e inquieto, Gudanzinho diariamente surpreendia seus donos com algo que aprontava. Um dia sujou toda a casa de lama, até as paredes. No início, tudo era registrado no Instagram da Isabelle. As pessoas se divertiam com as trapalhadas do pet e passaram a pedir mais conteúdo com o cachorro.

Foi então que os papais do husky resolveram criar um perfil no TikTok exclusivo para o cão cinzento. Essa foi uma forma dos tutores explorarem melhor a plataforma. Em resumo, usaram o Gudan de cobaia para aprenderem mais sobre o TikTok. E deu super certo!

O primeiro vídeo que viralizou é do Gudan derrubando uma prateleira cheia de produtos em um pet shop. A cena foi gravada pelo Zanq, que só queria registrar o amigo saindo do banho. Mas como o husky é muito atrapalhado, acabou esbarrando em uma faixa que estava presa na prateleira. Resultado: tudo veio abaixo! A cena foi parar nas redes sociais e logo caiu na graça dos usuários. Em pouco tempo o perfil já estava com 100 mil seguidores.

Assim surgiu Gudan, o husky. Um dos diferenciais das publicações é a narração dos vídeos. Zanq criou uma voz única para ser o porta-voz do amigo peludo. Todas as aventuras passaram a ser contadas diariamente nas redes sociais. Os passeios em parques, a hora de dormir, os momentos de comer, brincar, correr. Tudo virou conteúdo. “Começamos de forma muito amadora. Encarávamos como uma brincadeira. O Gudan sempre foi muito atrapalhado e fazia peripécias. Então passei a gravar vídeos com o meu celular e criar histórias em cima disso”, explica Zanq.

O tutor conta como tenta desvendar o que passa na cabeça do cachorro. “O Gudan tem uma personalidade exclusiva. Ele acredita ser herdeiro da dinastia dos lobos selvagens e que veio salvar a humanidade. O cinzento trabalha duro para manter a ordem na Terra. Além de herói, Gudanzinho ainda é empresário do ramo petrolífero. E claro é o imperador do modo turbo”. Modo turbo é a expressão criada pelo Zanq para descrever o ritmo super acelerado do cachorro. O famoso “ligado no 220”. Sempre correndo pela casa, agitado, bagunçando tudo. O termo Família Turbo veio justamente daí.

O sucesso foi tanto que Zanq, que era músico, passou a se dedicar exclusivamente às redes do Gudan. O lobo cinzento ganhou até fã-clubes. Logo grandes empresas como a Netflix, Ifood e Petlove passaram a procurar o perfil para fazerem publicidades. Hoje, uma agência cuida de toda parte comercial entre as marcas e a Família Turbo.

Blant, a duquesa

Pouco tempo depois da chegada do Gudan veio a Blant, outra husky que já chegou sendo pet influencer. Com uma personalidade bem diferente do irmão, Blant é debochada, consumista e bem engraçada. Prega para os seus seguidores que a vida é fácil, ainda mais com uma bolsa da Gucci. Foi apelidada de duquesa. No TikTok ela já soma 2,2 milhões de seguidores. No Instagram são 654 mil fãs. As pessoas se divertem com a forma que a Blant sempre implica com o irmão.

Somando todas as redes sociais, a Família Turbo hoje é o maior perfil pet no Brasil, com mais de 13 milhões de seguidores.

Alegria em meio à pandemia

A chegada do Gudan e da Blant coincidiu com um dos momentos mais difíceis do país: a pandemia. As pessoas ficaram em casa e passaram a buscar na internet alternativas de tornar o dia a dia mais leve. Os perfis dos huskys se encaixam exatamente neste ponto. O conteúdo é leve, voltado para o humor e entretenimento. Isso acabou atraindo milhares de pessoas para os perfis.

Diariamente, as caixas de mensagem dos pets recebem vários depoimentos de seguidores contando como as postagens os estão ajudando. “Há uns meses eu não estava muito bem. Era um misto de ansiedade e tristeza. Ver os seus vídeos e te acompanhar no Instagram me animava muito. Me deixava feliz e fazia com que aquela sensação ruim fosse embora”, enviou um seguidor.

Em outro relato, uma mulher conta como os vídeos ajudaram em um dos momentos mais difíceis que já passou. “Perdi minha mãe dia 21/03, por Covid. O  que me trazia alegria e distração era ver o Instagram de vocês. Nem imaginam como ajudam as pessoas”.

Responsáveis por tudo isso, Zanq e Isa não imaginavam como poderiam tocar a vida de alguém através dos vídeos. “Para nós é muito gratificante e surpreendente! Recebemos essas mensagens como motivação para continuar produzindo conteúdo e lavar as trapalhadas do Gudan e da Blant para mais e mais pessoas”, finaliza Isabelle.