Entretenimento

Exposição de Tony Cragg termina no domingo (21) no MON

São aproximadamente 100 obras, entre desenhos e esculturas, a maioria em grandes dimensões, que fazem parte da coleção do próprio artista

Daniela
Daniela Borsuk com Agência Estadual de Notícias
Exposição de Tony Cragg termina no domingo (21) no MON
(Foto: AEN)

17 de fevereiro de 2021 - 11:17 - Atualizado em 17 de fevereiro de 2021 - 11:17

Termina neste domingo (21) a exposição “Espécies Raras”, de Tony Cragg, um dos mais destacados escultores britânicos contemporâneos. São aproximadamente 100 obras, entre desenhos e esculturas, a maioria em grandes dimensões, que fazem parte da coleção do próprio artista, expostas no Museu Oscar Niemeyer (MON), em Curitiba.

Os materiais utilizados vão do vidro ao bronze, passando pela madeira e pela fibra de vidro, entre outros. Três obras estão instaladas na área externa do Museu: duas junto ao Espelho d’Água, sob o edifício do Olho, e uma no Vão-livre.

Ambientada no Olho, a mostra integra-se perfeitamente ao espaço e ganha um caráter único. Tony Cragg provoca o espectador com a ambiguidade de sua obra. Formas orgânicas e geométricas, diferentes escalas, profusão de materiais trabalhados pelo artista, capturam e pedem um olhar atento e imaginativo.

A exposição é dedicada à produção realizada a partir dos anos 2000, mas mostra também peças emblemáticas feitas nas décadas de 1980 e 1990. São esculturas e desenhos que permitem ao público uma imersão no processo criativo de Tony Cragg.

Entre os destaques da mostra estão duas obras apresentadas pela primeira vez no Brasil: “Sinbad” (2000) e “Minster” (1988), feita de anéis e engrenagens de aço. Outros pontos altos da exposição são: “Eroded Landscape” (1999), uma escultura construída por várias camadas de objetos de vidro como copos, vasos, lustres e garrafas; “Secretions” (1995), feita a partir de dados colados.

Tony Cragg

Tony Cragg nasceu em Liverpool, no Reino Unido, em 1949, e desde 1977 vive e trabalha em Wuppertal, Alemanha. Frequentou a Wimbledon School of Art, em Londres, em 1973, onde recebeu seu título de bacharel. Em 1977, concluiu mestrado na Royal College of Art.

Obras no MON

Além de “Tony Cragg – Espécies Raras”, várias exposições estão em cartaz atualmente no MON. São elas: “Yutaka Toyota – O Ritmo do Espaço”; “Fernando Velloso por ele mesmo”; “Ásia: a Terra, os Homens, os Deuses – Segunda Edição”; “Japonésia”, de Naoki Ishikawa; “A Violência sob a Delicadeza”, de Vera Martins; “O Mundo Mágico dos Ningyos”; “Luz ≅ Matéria”; “África, Mãe de Todos Nós”; “Museu em Construção”; “Espaço Niemeyer”; “Cones” e obras do Pátio das Esculturas.

Serviço

Museu Oscar Niemeyer (MON).

Horário: 10h às 18h.

Ingressos: R$ 20 e R$ 10 (meia-entrada).

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.