Eventos

Agendamento para devolução de ingressos da ExpoLondrina começa em Julho

As pessoas podem agendar a partir da próxima semana com retirada entre 21 de julho a 15 de agosto

André
André Justus com informações da SRP
Agendamento para devolução de ingressos da ExpoLondrina começa em Julho
Imagem: SRP

3 de julho de 2020 - 15:28 - Atualizado em 3 de julho de 2020 - 15:31

A Sociedade Rural do Paraná (SRP), entidade responsável pela organização da ExpoLondrina, inicia na próxima terça-feira (14), o agendamento para devolução do dinheiro dos ingressos adquiridos para as atividades da 60ª, que seria realizada em abril de 2020.

O agendamento deve ser realizado através do site da exposição, sendo obrigatório para todos que desejarem a restituição financeira.

A direção informa que quem não desejar trocar, pode deixar o valor pago em crédito para a próxima edição do evento, mediante apresentação do ingresso, que irá acontecer em abril de 2021.

Como vai funcionar a devolução

A devolução será realizada entre os dias 21 de julho a 15 de agosto, para as pessoas que adquiriram os ingressos para o parque (ExpoParque), para os shows (ExpoShow) e para o rodeio (ExpoRodeio).

Esse momento será realizado de forma presencial apenas nas bilheterias do Parque de Exposição Ney Braga para os que adquiriram os ingressos nas bilheterias do Parque e no Boulevard Londrina Shopping.

A direção explica que são necessárias três coisas no dia: a apresentação do comprovante de agendamento, do recibo emitido pelo site e do ingresso.

Quem adquiriu pelo site Alô Ingresso, a devolução será de forma eletrônica (não presencial), pelo próprio site da empresa, a partir do dia 21 de julho também.

Os ingressos comercializados pela empresa Diverti: Camarote Brahma, Camarote Super Bull, Camarote Open Super Bull e Casa do Criador continuam validos para nova data em 2021.

O evento

A feira agroindustrial que envolve agricultura, pecuária, indústria e comércio iria realizar sua 60 ª edição em 2020, com shows de Gusttavo Lima e Marília Mendonça, mas teve que ser transferida para abril de 2021. A decisão se deu após debates e estudos, que mostraram a inviabilidade de se reorganizar o evento num momento de incertezas por conta da Covid-19.

Serviço: