Entretenimento

Evan Rachel Wood acusa Marilyn Manson de violência doméstica e abuso

Em 2019, a atriz já havia revelado ter sido vítima de abusos mas não mencionou o músico

Carol
Carol Machado da equipe de estágio sob supervisão de Thiago Barros
Evan Rachel Wood acusa Marilyn Manson de violência doméstica e abuso
Foto: divulgação

1 de fevereiro de 2021 - 11:03 - Atualizado em 1 de fevereiro de 2021 - 11:03

A atriz Evan Rachel Wood, se pronunciou no Instagram nesta segunda-feira (01) acusando seu antigo noivo, o cantor Marylin Manson, de abuso. O relacionamento durou 3 anos, e anteriormente a atriz já havia revelado ter sofrido de episódios de violência doméstica, mas não havia mencionado o nome de seu agressor.

“O nome do meu abusador é Brian Warner, também conhecido pelo mundo como Marilyn Manson”, escreveu Wood. “Ele começou a me aliciar quando eu era uma adolescente e ele abusou de mim de modo horrível por anos. Eu sofri lavagem cerebral e fui manipulada em direção a submissão. Estou farta de viver com medo de retaliação, calúnias e chantagens. Estou aqui para expor este homem perigoso e chamar atenção de muitas indústrias que permitiram seu comportamento, antes que ele arruíne mais vidas. Estou com as muitas vítimas que não serão mais silenciadas”

Após a declaração no Instagram da atriz, diversas outras supostas vítimas do artista se pronunciaram.

Wood prestou depoimento em 2019 sobre violência doméstica em um tribunal da Califórnia, e ajudou a passar uma lei que alterou a prescrição deste tipo de crime de 3 para 5 anos. Na época, a atriz falou sobre sua experiência com este tipo de abuso.

No ano anterior, Manson havia sido acusado de assédio e racismo pela atriz Charlyne Yi, conhecida pelo seu papel na série House.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.