Cultura

MON inaugura exposição de projetos arquitetônicos premiados

A exposição apresenta uma linha do tempo com 252 premiações de 165 concursos que tem a participação de 402 profissionais que levaram a arquitetura paranaense a um reconhecimento maior

Caroline
Caroline Maltaca / Estagiária com supervisão de Rodrigo Sigmura
MON inaugura exposição de projetos arquitetônicos premiados
MON inaugura exposição de projetos arquitetônicos premiados (Foto: MON/Divulgação)

6 de setembro de 2021 - 16:05 - Atualizado em 6 de setembro de 2021 - 16:05

A exposição “Concursos como Prática: A Presença da Arquitetura Paranaense” estará aberta ao público a partir desta quinta-feira (9) no Museu Oscar Niemeyer (MON), de terça a domingo, das 10h às 18h. Com a curadoria da arquiteta, pesquisadora e professora Elisabete França, a mostra traz como resultado projetos premiados em concursos nacionais e internacionais de arquitetura realizados nas últimas seis décadas e que mostraram a importância da presença do Paraná em tais premiações.

De acordo com o MON, a exposição apresenta uma linha do tempo com 252 premiações em 165 concursos, a qual conta com a participação de 402 profissionais. Há ainda 40 maquetes dos projetos de maior impacto como o da sede da Petrobras, no Rio de Janeiro; da Estação Antártica; do anexo da Assembleia Legislativa do Paraná; do Teatro Guaíra; da sede da Eletrosul, em Florianópolis; do complexo turístico Euro Kursaal; da sede do BNDES, em Brasília, entre outras. Além de infográficos, desenhos e fotografias e de um videodocumentário com relatos de profissionais.

Segundo a diretora-presidente do Museu, Juliana Vosnika, exposições como esta justificam a busca do Museu em trazer cada vez mais visitantes para que aproveitem a oportunidade de adquirir mais conhecimento, beleza e reflexão.

“A exposição nos faz pensar no papel desses profissionais, sempre desafiados a apresentarem soluções inovadoras. É uma viagem no tempo que nos permite admirar a brilhante atuação de paranaenses em concursos nacionais nas últimas seis décadas”,

resume. 

A curadora da mostra afirma que a exposição resgata a participação dos profissionais paranaenses nas competições nacionais e internacionais, bem como destaques recebidos nas premiações. 

“Trata-se de uma homenagem aos profissionais participantes desse imenso laboratório de ideias que caracteriza a produção da arquitetura local, que resulta da indagação coletiva que reúne e integra arquitetos de várias gerações. O MON, cada vez mais, se consolida como a casa da arquitetura paranaense”, 

explica Elisabete.