Entretenimento

Cantora Shakira segue tendência e vende direitos musicais

Reuters
Reuters
Cantora Shakira segue tendência e vende direitos musicais
Shakira no Super Bowl, no Hard Rock Stadium, Miami, Flórida

13 de janeiro de 2021 - 13:03 - Atualizado em 13 de janeiro de 2021 - 13:05

(Reuters) – A cantora colombiana Shakira se tornou a mais recente artista a vender os direitos de seu catálogo de 145 canções para o Hipgnosis Songs Fund, listado em Londres, afirmou a empresa de investimento nesta quarta-feira, conforme a crise do coronavírus esmaga os ganhos com shows.

Vencedora de três prêmios Grammy, famosa por músicas como “Hips Don’t Lie”, “Whenever, Wherever”, “Underneath Your Clothes” e a canção da Copa do Mundo de 2010 “Waka Waka (This Time For Africa)”, a cantora vendeu mais de 80 milhões de discos e tem muitos seguidores nas plataformas de streaming de música Spotify e YouTube.

A pandemia praticamente cortou os ganhos com shows ao vivo e uma lista crescente de músicos tem buscado monetizar seus catálogos. Bob Dylan vendeu seu catálogo no mês passado e foi seguido por outros, como Neil Young.

Uma onda de música online, que levou vários sucessos antigos de volta ao topo das paradas, aumentou o interesse dos investidores. O JP Morgan disse que o Hipgnosis é um investimento atraente por suas receitas de longo prazo devido às leis de direitos autorais.

“Aos oito anos, muito antes de cantar, eu escrevia para dar sentido ao mundo”, disse Shakira, de 43 anos, em um comunicado.

“Cada música é um reflexo da pessoa que eu era na época em que a escrevi, mas uma vez que uma música é lançada no mundo, ela pertence não apenas a mim, mas também àqueles que a apreciam”, afirmou. “Eu sei que o Hipgnosis será um ótimo lar para o meu catálogo.”

A firma de investimentos especializada não revelou detalhes financeiros do negócio, que é o mais recente do Hipgnosis depois de outros neste ano com o músico Neil Young, o guitarrista da banda Fleetwood Mac Lindsey Buckingham e o produtor musical Jimmy Iovine.

Bob Dylan vendeu seu catálogo para Universal Music Group em dezembro.

(Reportagem de Yadarisa Shabong em Bengaluru)

((Tradução Redação São Paulo, 55 11 56447505)) REUTERS MPP

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH0C1A3-BASEIMAGE

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.