Entretenimento

Cantor R. Kelly comparece a tribunal de NY antes de início de julgamento por abuso sexual

Reuters
Reuters
Cantor R. Kelly comparece a tribunal de NY antes de início de julgamento por abuso sexual
Cantor Robert Kelly em Chicago

3 de agosto de 2021 - 18:43 - Atualizado em 3 de agosto de 2021 - 18:45

(Reuters) – O cantor R. Kelly compareceu a uma audiência diante de um tribunal em Nova York nesta terça-feira, dias antes do início de seu julgamento por abuso sexual.

O cantor é acusado de extorsão, abuso sexual e pagamento de suborno. O julgamento está marcado para começar na segunda-feira em um tribunal federal no Brooklyn.

Promotores dizem que Kelly, de 54 anos, conhecido por sucessos como “I Believe I Can Fly”, era o chefe de um esquema criminoso no qual mulheres e meninas com menos de 18 anos eram recrutadas para realizarem atividades sexuais com ele.

Os promotores alegam que o cantor subornou uma autoridade do Estado de Illinois em 1994 para conseguir uma identidade falsa para a cantora Aaliyah, que na época tinha 15 anos, para que eles pudessem se casar. Aaliyah morreu em um acidente aéreo nas Bahamas em 2001. Kelly enfrenta acusações criminais no Illinois e em Minnesota.

O cantor vencedor do Grammy se declarou inocente diante de todas as acusações em Nova York, Illinois, e Minnesota, e está preso, sem direito à fiança, há quase dois anos.

As alegações contra Kelly datam de duas décadas atrás e foram apresentadas no documentário “Sobrevivi a R. Kelly”, de 2019.

(Reportagem de Angela Moore)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH721A9-BASEIMAGE