Bora lá? Curitiba

Al Dunia. O rico sabor da gastronomia Árabe.

O mundo que você precisa conhecer.

Rafael
Rafael Graminho / Bora lá? Curitiba
Al Dunia. O rico sabor da gastronomia Árabe.
fachada Al Dunia

21 de outubro de 2020 - 16:17 - Atualizado em 21 de outubro de 2020 - 16:24

A miscigenação na descendência do curitibano sempre se fez presente na gastronomia. Italianos, Ucranianos, Alemães, Japoneses, Árabes e muitas outras origens com certeza tem um restaurante para manter as tradições, matar a saudade daquele gostinho de casa e da infância com os avós ou mesmo a curiosidade em transitar em outras culturas.

Nada melhor do que comer um prato como tem que ser, né!?
A comida Árabe geralmente é associada com aquele fastfood famoso das esfihas, mas essa adaptação está muito longe de um cardápio original. O Al Dunia é um restaurante que leva a essência verdadeira do início ao fim.

Chef Hassan Bassanfoto Rafael Graminho

O Chef Hassan Bassan, um legítimo representante da cozinha Árabe, faz as suas maravilhas como manda a tradição. Os pratos são fantásticos, com todo o sabor riquíssimo das especiarias do oriente médio.
Assim como é normal por aqui, o chef vai pessoalmente selecionar os condimentos necessários para as suas receitas, mas com uma grande diferença, busca seus temperos na origem. Inclusive a próxima seleção será em poucos dias, quando embarca para Beirute, no Líbano e volta com a bagagem carregada de especiarias.

Todos os dias, o almoço tem uma variedade muito grande de pratos quentes e frios que faz o buffet encher os olhos com as suas cores e texturas, invade o olfato com todo seu aroma inconfundível e deixa a boca salivando de vontade de experimentar tudo. São 28 opções no total, fora o menu a lá carte.

Os doces típicos são um caso a parte. Por anos vi vídeos sobre uma tal knefe. Uma sobremesa relativamente simples perto das outras, mas que sempre me deixou ansioso pelo dia que estaria cara a cara com ela. Foi no Al Dunia que eu matei essa vontade. Todos os doces são fartos – não exagere muito na refeição se a sua intenção é comer uma sobremesa depois – e sem dúvidas vocês deveriam provar um a um. O ninho de pistaches, baklawa e mamul de nozes são incríveis também.

Durante a noite a atmosfera do ambiente se destaca ainda mais. O buffet sai de cena e dá espaço para um cardápio especial, tão empolgante quanto no almoço.

A decoração, mesmo que contemporânea e moderna, valoriza muito a cultura do oriente médio com tapetes persas lindíssimos nas paredes – esses podem levar anos para serem produzidos manualmente pela mesma família – os lustres artesanais, muitos objetos super coloridos e espaços distintos, inclusive para eventos fechados, deixam o ambiente agradável e muito muito aconchegante.

A adega tem uma seleção de mais de 1000 garrafas divididas em 43 rótulos de 11 países.   

Independentemente de ter ou não qualquer tipo de descendência, e eu mesmo não tenho, vale muito apena a experiencia realmente fiel às origens.

Av. Vicente Machado, 2094 | Batel
instagram @alduniarestaurante

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.