Entretenimento

Alemã gasta pequena fortuna para se tornar negra; veja antes e depois

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

17 de julho de 2017 - 00:00 - Atualizado em 17 de julho de 2017 - 00:00

Mulher diz não entender as críticas sobre sua escolha (Foto: Facebook/Martina Big)

Antes de escurecer a pele e deixar o cabelo afro, a modelo já se esforçava também para ter o maior par de seios da Europa

A modelo alemã Martina Big, de 28 anos, já gastou quase 60 mil euros para se tornar uma mulher negra. Isso equivale a aproximadamente R$ 208 mil. Mas não basta ser negra, a ex-aeromoça também afirma ter os maiores seios da Europa.

Antes de começar a se tornar negra, a europeia chegou a publicar em sua página no Facebook uma espécie de ‘linha do tempo dos seios’, mostrando a evolução dos seus mamilos ao longo do tempo.

Em um vídeo publicado em suas redes sociais na última semana, a alemã, que estava passeando pela Califórnia, nos Estados Unidos, disse que aquela era a sua primeira vez no país como uma mulher negra. “Já estive inúmeras vezes em Hollywood. Mas esta é a primeira vez em Hollywood como mulher negra”, disse.

Além de encaracolar os cabelos e tingi-los de preto, antes ela tinha cabelos loiros e lisos, Martina também usou injeções e sessões de bronzeamento artificial para conseguir a cor de pele negra que desejava.

Nas redes sociais, ela recebeu uma enxurrada de críticas e disse não entender a desaprovação das pessoas. “A minha transformação foi há 7 meses. Agora eu sou uma mulher negra de verdade e isso não muda nada. Por que não podem aceitar isso? Ainda existem algumas sutilezas, mas me sinto negra e vou continuar minha transformação até sobrar apenas a pura mulher negra dentro de mim”, escreveu.

Veja o vídeo feito por Martina em Hollywood:

Veja também:

Após 5 horas no salão, mulher descobre não ter dinheiro para pagar e é obrigada a desfazer o visual