25 de outubro de 2019 - 00:00

Atualizado em 25 de outubro de 2019 - 00:00

Cultura

10 plantas para apartamento: decoração e manutenção simples

Além de refrescar o apartamento, o cuidado com as plantas pode se tornar um hobby.

Uma tendência de decoração que conquistou espaço nas casas brasileiras foi o uso de plantas. Principalmente nas grandes cidades, tem aumentado o número de pessoas com interesse em jardinagem e que tem o desejo de transformar seu espaço em uma pequena floresta urbana.

Vale notar que essa postura não traz só melhoria na estética do domicílio. O cuidado com as plantas desestressa e pode se tornar um hobby, trazendo sensação de bem estar para o indivíduo.

Se você quer saber quais são as melhores opções para ter em seu apartamento, continue lendo!

Lança de São Jorge

Também conhecida como espada de São Jorge, é uma planta que possui formato cilíndrico e estatura mediana. Ela exige pouca manutenção e também se adequa a espaços com pouca luz.

Cactos e suculentas

Assim como a opção anterior, essas duas sugestões demandam cuidado mínimo, já que são bem resistentes. As regas devem ter baixa frequência (uma vez na semana) e não é necessário realizar podas. A grande vantagem é que, por serem pequenas, cabem em qualquer lugar da casa.

Palmeira ráfia

A palmeira ráfia é mais imponente. Seu tamanho também é maior que a das demais. Ou seja, é adequada para apartamentos que tenham metragem superior. Ela não exige sol, mas requer manutenção do solo (adubagem).

Pau d’água

A pau d’água é uma planta com folhas em tom de verde brilhante. Para que se mantenha saudável, deve ser regada de duas a três vezes por semana. Seu tamanho é variável e dependerá do vaso no qual ela está inserida.

Filodendro

O filodendro não requer cuidado ativo. A manutenção mais trabalhosa ocorre semestralmente, na qual é preciso adubá-la. Caso ela encontre apoio, pode crescer como uma trepadeira.

Atenção: Intoxicação bebês x plantas.

Camedórea-elegante

Em comparação às demais, a camedórea é a que possui o maior tamanho, podendo atingir até 2 metros caso encontre espaço. Por isso, ela é indicada apenas para locais abertos, como varandas, onde ela pode crescer livremente.

Bromélia

As flores também podem fazer parte da decoração e a bromélia é o primeiro exemplo. Ela se desenvolve melhor na sombra, mas é preciso cuidado redobrado. Como ela precisa de água para se manter bonita, o vaso no qual ela se encontra precisa ser frequentemente mantido para não correr o risco de proliferar mosquitos da dengue.

Violeta

Outra opção para trazer cor e vida ao seu apartamento é a violeta. A parte mais atrativa é que possui custo baixo e é encontrada facilmente. Por ser delicada, seu cuidado deve ser mais criterioso.

Antúrio

O antúrio é muito encontrado em jardins, mas também pode ser transportado para o ambiente doméstico. Ele deve estar sempre úmido e em ambiente suficiente iluminado, mas sem exposição ao sol.

Begônia

Da mesma forma que a bromélia, a begõnia exige atenção quanto ao vaso para não gerar criadouro. Sua rega varia de duas a três vezes por semana.

Agora que você já conhece as opções, qual será a escolhida para o seu apartamento?