Energia

Projetos educacionais do Paraná recebem investimentos

Mais de R$ 100 mil foram doados pelo Sistema de Transmissão Gralha Azul a projetos de educação ambiental, música e escolares

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais
Projetos educacionais do Paraná recebem investimentos

21 de junho de 2021 - 11:14 - Atualizado em 21 de junho de 2021 - 11:14

O estímulo à educação está entre os objetivos de desenvolvimento sustentável do Sistema de Transmissão Gralha Azul (STGA), da ENGIE Brasil Energia. Com esta finalidade, em 2021, o STGA já realizou a doação de mais de R$ 100 mil voltados a projetos educacionais.

Para o Diretor de Implantação do STGA, Paulo Muller, essas ações sociais refletem o propósito do projeto que, além de ajudar as comunidades que intercepta, também busca transformar as pessoas em multiplicadores de conhecimento.

“A educação é uma das ferramentas fundamentais para a disseminação do conhecimento. Investimos em projetos que possuam o objetivo de transformar o mundo e que estimulem a educação em diversos setores. São, principalmente, ações que contribuem com a educação de crianças e adolescentes, potenciais multiplicadores de aprendizados para um mundo mais consciente”, defende

Entre as iniciativas, o Sistema de Transmissão Gralha Azul possibilitou a compra de equipamentos musicais para crianças carentes da Associação Menonita de Assistência Social (AMAS) do município de Palmeira (PR). A organização, que atua no município há mais de 50 anos, atende diariamente 280 crianças e adolescentes com idade entre 6 e 16 anos que vivem em situação de risco e vulnerabilidade social. A doação de R$ 50 mil do STGA à instituição fará parte do trabalho de formação da Orquestra Tom Jobim, que tem como principal objetivo o ensino da música para crianças e adolescentes por meio de instrumentos como violino, violoncelo, trompete, trompa, saxofone e trombone.

Para o coordenador da AMAS, Aroldo Heimbecker, a formação de uma Orquestra Filarmônica foi, durante muitos anos, apenas um sonho bem distante, mas com a doação do STGA será dado um novo impulso ao projeto.

“Possibilitará a aquisição de novos instrumentos, equipamentos e também a contratação de mais professores. Melhor que isso, 40 novos alunos serão beneficiados, sendo inseridos de imediato nesse fantástico mundo da música”, relata. Para ele, está é uma oportunidade para que as crianças e adolescentes participem de um projeto transformador. “Queremos registrar nossa imensa alegria e gratidão por nos ajudar a tornar o mundo melhor e mais justo para todas as pessoas”

Além da parceria com AMAS, o Sistema de Transmissão Gralha Azul, também investiu este ano em outro projeto voltado a meninos e meninas que se encontram em situações de vulnerabilidade social realizado pela organização não-governamental Exploradores Feras do Sul, do município de Arapongas (PR). A instituição, que oferece gratuitamente atividades como aulas de musicalização e esportes, tem como um dos seus principais objetivos a educação ambiental. Entre as atividades da ONG está a realização de um acampamento socioambiental para as crianças e adolescentes vivenciarem, através de atividades coordenadas, a reconexão com a natureza.

O ST Gralha Azul realizou a compra de diversos equipamentos necessários para o acampamento, como cordas, capacetes, cintos de segurança, totalizando cerca de R$ 22 mil. De acordo com o fundador da instituição, Ronivaldo Nascimento, neste evento serão ministradas propostas recreativas, mas com foco em educação ambiental, conhecimento da natureza e biodiversidade local. “Esse apoio do Gralha Azul demonstra todo um cuidado e vontade de fazer a diferença, que nos motiva cada vez mais ir além “, relata Nascimento.

Em Ponta Grossa, o Sistema de Transmissão Gralha Azul também realizou um investimento social no Projeto Antares, da Associação Comercial, Industrial e Empresarial de Ponta Grossa (ACIPG), através da compra de materiais de expediente, notebooks e kit escolares, no valor de R$ 32 mil. Na instituição, diversos alunos de 14 a 17 anos, de escolas públicas e privadas, são atendidos no contraturno escolar. As aulas possuem foco nas disciplinas de Português, Exatas (Física, Química e Matemática), conhecimento básico de Lógica de Programação, Noções de Contabilidade, Noções de Administração, Noções de Direito, Empreendedorismo, Educação Financeira, Cooperativismo Jovem, Política e Cidadania.

Outras ações educacionais

Dentro do estímulo à educação, o STGA realiza, além dos investimentos sociais voluntários, o Programa de Sensibilização Ambiental (PSS) que consiste em uma série de ações educativas abordando temas importantes que estão presentes no cotidiano das comunidades. São realizadas atividades de conversas, vídeo aulas, conteúdo online e materiais informativos sobre o licenciamento ambiental, energia elétrica, resíduos sólidos, água, sustentabilidade e políticas públicas. A iniciativa é voltada para escolas, comunidades e instituições nos municípios interceptados pelo Sistema de Transmissão Gralha Azul. Além disso, dentro do PSS, já foram realizados cursos de Agricultura Orgânica, doação de livros e estímulo à cultura, voltado a atender as Comunidades Quilombolas São Roque e Rio do Meio em Ivaí, Paiol em Guarapuava e Sutil e Santa Cruz, em Ponta Grossa.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.