Energia

Gralha azul empregará mais de 15 mil pessoas em 2021

O sistema gralha azul que passa por 27 cidades do estado vai empregar mais de 15 mil pessoas

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

29 de dezembro de 2020 - 14:25 - Atualizado em 21 de janeiro de 2021 - 18:30

Resumo da matéria

Uma obra gigante que trouxe emprego para o estado do Paraná, mesmo em época de pandemia. O Sistema de Transmissão Gralha Azul vai empregar mais de 15 mil pessoas direta e indiretamente até o ano que vem. São trabalhadores de todas as partes do país que vão movimentar a economia em 27 cidades, entre Ivaiporã e Ponta Grossa.

Alinhado com a responsabilidade socioambiental, o Sistema de Transmissão Gralha Azul vai trazer impactos positivos também para a economia paranaense, com a geração de oportunidades de emprego nas áreas de construção civil, montagem eletromecânica, saúde e segurança do trabalho, ambiental e do terceiro setor, além de garantir a energia no estado.

Com a concessão por 30 anos para Engie Brasil Energia, maior geradora privada de energia do país, a arrecadação de impostos estaduais e municipais deve chegar a aproxidamente 50 milhões de reais.

A expectativa são de novos investimentos e instalação de novas indústriais que irão contar com a nova estrutura de energia elétrica, gerando mais oportunidade de trabalho.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.