Energia

Conheça o Sistema de Transmissão Gralha Azul

A energia gerada em Itaipu poderá abastecer mais regiões do estado do Paraná

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais
Conheça o Sistema de Transmissão Gralha Azul
(Foto: Divulgação / Engie)

10 de janeiro de 2021 - 13:12 - Atualizado em 10 de janeiro de 2021 - 13:12

O Sistema de Transmissão Gralha Azul é uma concessão federal, vigente por 30 anos, que foi concedida através de um leilão de transmissão realizado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) em 2017. Os empreendimentos que compõem o sistema de transmissão têm por objetivo principal melhorar o abastecimento de energia da região Centro-Sul do Paraná através do reforço do Sistema Interligado Nacional (SIN).

O ST Gralha Azul inclui 10 subestações (cinco novas e cinco a serem ampliadas) e 15 linhas de transmissão, que atravessam 27 municípios paranaenses e totalizam 1.001,05 km de extensão. Com a implantação destes empreendimentos, a energia proveniente de Itaipu, que hoje é basicamente direcionada para o estado de São Paulo, poderá abastecer mais regiões do Paraná.

As obras iniciadas em 2020 já estão em fase avançada. (Foto: Divulgação / Engie)

Além da contribuição ao desenvolvimento econômico, por meio do suprimento de energia, o projeto – que conta com investimento de R$ 2 bilhões – gera múltiplos benefícios para as comunidades locais, como oportunidades de emprego nas áreas de construção civil, ambiental, terceiro setor, saúde e segurança do trabalho. As atividades de implantação do ST Gralha Azul devem empregar cerca de cinco mil pessoas – entre contratações diretas e indiretas, com priorização de trabalhadores locais.

“Esse projeto contribui para o desenvolvimento local, com um reforço de suprimento de energia. As empresas da região precisam desse reforço para seus negócios. Isso gera empregos, renda, desenvolvimento, de forma sustentável. Para implementar um projeto desse porte, precisamos ter mais de 200 licenças, como as ambientais e de proteção cultural”

destacou Márcio Daian Neves, diretor de implementação do ST Gralha Azul

No Paraná, estado com mais de 10 milhões de habitantes, o ST Gralha Azul busca prevenir um apagão como o que aconteceu em Amapá. A obra vai gerar autonomia aos paranaenses para que um apagão não aconteça.

Sobre a ENGIE

A ENGIE Brasil é a maior produtora privada de energia elétrica do Brasil, com capacidade instalada própria de 10.211MW em 61 usinas, o que representa cerca de 6% da capacidade do país. A empresa possui quase 90% de sua capacidade instalada no país proveniente de fontes renováveis e com baixas emissões de GEE, como usinas hidrelétricas, eólicas, solares e biomassa.

Com a aquisição da TAG, a ENGIE é agora também detentora da mais extensa malha de transporte de gás natural do país, com 4.500 km. O Grupo é uma referência global em energia e serviços de baixo carbono.

Além disso, o Grupo atua no Brasil na comercialização de energia no mercado livre e está entre as maiores empresas em geração fotovoltaica distribuída.

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.