4 de agosto de 2020 - 17:17

Atualizado em 4 de agosto de 2020 - 17:19

Jobs: quatro momentos e 2 obsessões

Por José Nascimento

Jobs: quatro momentos e 2 obsessões

Não tem como não falar do fantástico #SteveJobs e fisguei esta frase sobre uma obsessão dele: qualidade e estética.

“Quando você é um carpinteiro fazendo uma cômoda linda, você não vai colocar um sarrafo no fundo do móvel, mesmo que ele fique voltado para a parede e ninguém possa ver. Você sabe que está lá, então você vai usar um pedaço de madeira bonito no fundo. Você faz isso para dormir bem à noite.

A estética e a qualidade têm de ser levadas até o último detalhe.” E, depois, ele vai além: “Se você ficar de olho apenas no lucro, você vai economizar no produto. Mas se você se concentrar em fazer produtos realmente bons, então o lucro virá a seguir.”

Vale muito pensar nisso. Quem já não comprou um belo produto e se deparou com um “sarrafo” camuflado? Que raiva. A indústria automobilística é campeã de “presente de grego”. Tem algum caso aí? Conta pra nós – estão proibidos casos de telefonia.

Enfim, Jobs era Jobs. Inigualável e de sorte, pois tinha um parceiro, Steve Wosniak (ouvi uma palestra dele), com quem formava uma dobradinha de gênios.

Publicado originalmente no https://topdegestao.com.br/