11 de dezembro de 2020 - 13:25

Atualizado em 11 de dezembro de 2020 - 13:25

Telhanorte lança luminárias assinadas com preços acessíveis

Por Willian Bressan

Telhanorte lança luminárias assinadas com preços acessíveis

Com o objetivo de democratizar o design, a Telhanorte, com consultoria da Archademy, convidou designers renomados como Murilo Weitz, Rodrigo Ohtake e a Ohma Design para criarem luminárias assinadas a um preço acessível.

A ideia veio após um levantamento elaborado pela Archademy, o primeiro e maior Market Network de Arquitetura e Design de Interiores do Brasil, contratada como consultora pela Telhanorte. “Primeiro, fizemos uma pesquisa no mercado para entender quais eram as necessidades e demandas dos arquitetos em relação ao setor de iluminação decorativa. Depois dessa pesquisa, realizamos dinâmicas de focus group, com encontros online de 3 a 6 pessoas, para entrevistas qualitativas”, descreve Anna Rafaela Torino, uma das fundadoras da Archademy.

Para Kirla Vieira, Coordenadora do Mercado de Iluminação da Telhanorte, e idealizadora deste lançamento, “O projeto é um marco para a Telhanorte e principalmente para o setor de Iluminação, levando a categoria a um outro patamar comparativo ao mercado de Home Center. É a primeira vez que teremos uma coleção exclusiva, assinada por designers de produtos de grande expressividade nacional.”

Inspirações

Com concepções diversas, as luminárias desses designers consagrados têm diferentes inspirações para combinar com os ambientes mais versáteis. Por exemplo, a coleção assinada por Murilo Weitz foi inspirada na temática industrial. Sua pesquisa para o projeto buscou elementos desse universo, desenvolvendo peças com madeira e metal. Weitz explica que o momento de pandemia, onde as pessoas passaram a ficar mais tempo em casa, mostrou o quanto o design de interiores é importante e faz a diferença.

Luminária criada por Murilo Weitz para a TelhaNorte.

“Principalmente para aquelas pessoas que precisam fazer o trabalho no sistema home office e necessitam de um ambiente confortável, com móveis funcionais e bem iluminados, para desempenharem melhor suas atividades”, explica. Inspirada na temática industrial, a coleção de Weitz, um notório profissional que em 2019 entrou para lista da revista Forbes – FORBES Under 30 – como um dos jovens de até 30 anos com maior destaque na sua área e também vencedor do Prêmio Casa Vogue Design 2020 – prima pelo despojamento.  

Criação de Rodrigo Ohtake

As peças de Rodrigo Ohtake, por sua vez, foram criadas na praia, local onde o designer está passando o isolamento social. “A luz na arquitetura é fundamental, assim como a sombra e escuridão. A transição entre escuro e claro é muito importante e eu desejo que essas luminárias possam deixar a casa das pessoas mais agradável, divertida e pessoal, enfim, que possam se tornar um lar”, afirma. Assim nasceu a coleção de luminárias “Baleia”, inspirada no ambiente litorâneo deste profissional que teve o talento forjado desde a infância e certamente por uma conjunção favorável dos genes: ele é neto da artista plástica, Tomie Ohtake e filho dos também arquitetos Ruy Ohtake e Silvia Vaz. Ohtake já foi assistente de curadoria da 14ª Bienal de Arquitetura de Veneza, de 2014 e acumula larga experiência profissional.

Observar as mudanças pela janela, no céu e na luz do sol, visualizando perspectivas diferentes, ajudou na criação da coleção de luminárias da coleção exclusiva para a Telhanorte, desenvolvida pela Ohma.

Luminária da marca Ohma

“A iluminação confere aconchego ao projeto de designer de interiores. A luz direta e indireta auxilia a construção de várias cenas dentro de um ambiente”, explica a arquiteta Paloma Bresolin, que divide o escritório com dois outros jovens profissionais, o arquiteto Nicholas Oher e o designer de interiores, Fabio Marx.

Para a Telhanorte, eles desenvolveram a coleção Casulo, em acrílico colorido, que se adapta ao ambiente e é composta de cinco peças. O grupo de designers defende o princípio de que “transformar ideias em produtos artísticos por meio do design é o maior objetivo do escritório, passando leveza e sofisticação aos espaços sem deixar de lado o conceito inicial”.