Educação

Você sabia que o Trópico de Capricórnio passa por Londrina? Placas são instaladas nos marcos

Três placas foram instaladas em pontos da cidade, conforme estudo

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais com informações do N.Com
Você sabia que o Trópico de Capricórnio passa por Londrina? Placas são instaladas nos marcos
(Foto: Vivian Honorato/N.Com)

21 de janeiro de 2022 - 14:34 - Atualizado em 21 de janeiro de 2022 - 14:34

Três placas foram instaladas em pontos distintos de Londrina, norte do Paraná, nos marcos que sinalizam onde a linha imaginária do Trópico de Capricórnio passa pela cidade. Arapongas e Maringá, por exemplo, já possuem estruturas que fazem alusão à linha geográfica.

As sinalizações foram colocadas na PR-445, Estrada da Mata dos Godoy e Estrada de Maravilha. A ideia é fazer a identificação desses pontos e ampliar a discussão da geografia da cidade. Os professores Luciano Gomes e Osvaldo Pereira Neto, do departamento de Geociências da Universidade Estadual de Londrina (UEL), já haviam coordenado as atividades de identificação e localização dos pontos geográficos, tendo feito uso de equipamentos de GPS.

A instalação das placas foi feita por meio da indicação legislativa da vereadora Professora Sonia Gimenez, em parceria com o departamento de Geociências UEL. A Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU) e o Instituto de Desenvolvimento de Londrina (Codel) fizeram a confecção.

O que é o Trópico de Capricórnio?

Em paralelo à linha do Equador, o mapa-múndi possui duas outras linhas imaginárias na horizontal: ao norte, fica o Trópico de Câncer, enquanto o Trópico de Capricórnio se localiza no Hemisfério Sul. Ambos possuem latitudes específicas: o Trópico de Câncer está a 23º27′ N (23 graus e 27 minutos norte), enquanto o Trópico de Capricórnio se situa a 23º27′ S (23 graus e 27 minutos sul).

Regiões que ficam entre os trópicos são chamadas de intertropicais. Ao norte ou ao sul deles, são conhecidas como subtropicais. Durante os equinócios de primavera e outono, ocorre o zênite solar, que é quando a luz do Sol incide de maneira completamente vertical sobre os Trópicos, fazendo com que as sombras de pessoas, animais e objetos não estejam visíveis nesses momentos.

(Foto: Reprodução/Google Earth)