Educação

Prefeitura mantém aulas da rede municipal em Maringá após tempestade causar danos

Falta de energia elétrica pode deixar alguns colégios estaduais fechados

Luciano
Luciano Balarotti / Editor Com informações da Prefeitura de Maringá
Prefeitura mantém aulas da rede municipal em Maringá após tempestade causar danos
(Foto: Divulgação/Prefeitura de Maringá)

24 de abril de 2022 - 19:07 - Atualizado em 24 de abril de 2022 - 19:08

A Prefeitura de Maringá informa que estão mantidas as aulas nesta segunda-feira (25), nas escolas e centros municipais de educação infantil (Cmeis). Na maioria das unidades de ensino os estragos causados pelo temporal foram pequenos. As equipes da Secretaria Municipal de Educação também conseguiram preservar a merenda escolar, que não foi afetada.

A secretária de Educação, Tania Periotto, afirma que as equipes trabalham desde sábado para garantir que as unidades possam funcionar sem prejuízo ao ano letivo dos alunos.

ESCOLAS ESTADUAIS – O Núcleo Regional de Educação (NRE) de Maringá informou que a maioria das escolas estaduais da cidade deve funcionar nesta segunda. Até às 17h deste domingo (24), 10 colégios estavam sem energia. Nesses locais, se a energia não for restabelecida, as aulas estão suspensas nesta segunda (confira a lista abaixo).

A Universidade Estadual de Maringá (UEM) também suspendeu as atividades presenciais no campus nesta segunda e convidou os servidores para um mutirão de limpeza na instituição. A comunidade escolar também vai se reunir para a limpeza do Colégio de Aplicação da UEM e do Colégio João de Faria Pioli.

Colégios Estaduais sem energia até às 17h deste domingo, 24

  • Colégio Aplicação da UEM
  • Colégio Estadual Branca da Motta Fernandes
  • Escola Estadual Elvira Balani
  • Colégio Estadual Cívico-Militar Ipiranga
  • CEEBJA Manoel Fernandes
  • Escola Estadual de Floriano
  • Colégio Estadual Cívico Militar Vinicius de Moraes
  • Colégio Estadual Adaile Leite
  • Colégio Estadual João de Faria Pioli
  • Colégio Estadual Dirce de Aguiar

A relação de locais sem aula na rede estadual pode ser alterada devido a retomada da energia. Em caso de dúvidas sobre a rede estadual, os pais ou responsáveis podem entrar em contato com o NRE na segunda-feira pelo telefone (44) 3218-7100.

Manutenção

Equipes da Copel seguem em campo com reforços vindos de outras regiões a fim de restabelecer o fornecimento de energia aos consumidores que tiveram o serviço interrompido após o temporal do fim de semana. No auge das chuvas, 473 mil domicílios chegaram a ficar sem energia, em todo o Paraná. Este domingo (24) iniciou com 64 mil imóveis sem luz no Estado, número que foi reduzido a 33 mil ao longo do dia. Destes, 21 mil domicílios são do município de Maringá, o mais severamente atingido. Apenas em Maringá, até agora foram contabilizados 72 postes quebrados.

Em toda a região Noroeste ao menos 166 postes quebraram com os ventos fortes e a queda de árvores sobre as redes elétricas. Ao longo da tarde de domingo, foi possível normalizar o fornecimento ao município de Mirador, que chegou a ter o serviço completamente interrompido devido à quebra de postes pelo temporal. Há, no entanto, ocorrências ainda para atendimento em cidades como Floraí, Jardim Olinda, Esperança Nova e Doutor Camargo. Em Paranavaí há 685 domicílios sem luz, e 270 em Cianorte.

Na região Oeste, o número de clientes sem luz reduziu para 4,1 mil, e as equipes continuam na região, concentrando esforços no município de Maripá, atingido por uma chuva de granizo. As regiões Noroeste e Oeste do Estado já estão com reforço de equipes de outras localidades neste domingo, e receberão novas equipes vindas de outras regiões nesta segunda-feira (25).