Educação

Prefeitura contrata mais 824 vagas para o atendimento de crianças de 0 a 3 anos

As vagas contratadas são ofertadas unicamente para as crianças que estão na lista de espera da rede municipal

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais Com informações da Prefeitura Municipal de Curitiba
Prefeitura contrata mais 824 vagas para o atendimento de crianças de 0 a 3 anos
(Foto: Divulgação / Prefeitura de Curitiba)

27 de agosto de 2021 - 22:10 - Atualizado em 27 de agosto de 2021 - 22:38

A Prefeitura de Curitiba iniciou a contratação de 824 novas vagas para o atendimento de crianças de 0 a 3 anos de idade. A abertura dessas vagas é resultado de contratos firmados com 25 novos Centros de Educação Infantil (CEIs) para prestação de serviços educacionais na etapa da Educação Infantil.

Somadas a essas vagas, já são mais de 8,8 mil crianças matriculadas em 118 instituições educacionais privadas e/ou comunitárias credenciadas pelo município para o atendimento infantil.

A secretária municipal da Educação, Maria Sílvia Bacila, explica que essas novas unidades ampliam o número de crianças matriculadas e trazem mais oportunidades às ações de atendimento à educação infantil.

“As vagas contratadas são ofertadas unicamente para as crianças que são da lista de espera da rede municipal, e é vedada qualquer cobrança dos pais ou responsáveis”, reforça a secretária.

“Essas unidades devem articular experiências e com os conhecimentos que fazem parte do patrimônio cultural, artístico, ambiental, científico e tecnológico, promovendo o desenvolvimento integral das crianças e o diálogo com as famílias”, disse a diretora do Departamento de Educação Infantil, Kelen Patrícia Collarino.

Credenciamento de unidades

Além dessas mais de 800 novas vagas abertas agora, a partir do mês que vem mais instituições de ensino privadas e/ou comunitárias interessadas em ofertar vagas para atender crianças pela Prefeitura poderão participar do novo processo de credenciamento, que será aberto durante a primeira quinzena de setembro.

Esse credenciamento tem o objetivo de reunir instituições habilitadas para o cadastro de reserva, visando ao atendimento temporário de vagas de Educação Infantil por meio de contrato com a administração municipal.

Cadastro para crianças

As instituições contratadas estão distribuídas em todas as regiões da cidade. As matrículas novas são direcionadas conforme cadastro e indicação das unidades feita pelas famílias no Cadastro Online.

Lançado em 2019, esse cadastro é necessário para a inclusão de crianças de 0 a 3 anos que ainda não fazem parte da rede pública. Sem preenchê-lo, não há como obter vaga na rede.

As famílias podem indicar cinco opções de Centros de Educação Infantil (CEIs) ou Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs) de sua preferência, perto de casa ou do trabalho.