Educação

DTCOM inicia pelo México processo de expansão internacional

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

25 de maio de 2018 - 00:00 - Atualizado em 25 de maio de 2018 - 00:00

Fundada em Curitiba, a DTCom tem sedes em Florianópolis e São Paulo (Foto: Reprodução)

Com quase 20 anos de mercado, a DTCOM é a maior produtora de conteúdo para ensino a distância do Brasil

Maior produtora de conteúdo para ensino a distância do Brasil, a DTCOM começa pelo México a dar seus primeiros passos rumo ao mercado internacional. A empresa, fundada em Curitiba, com sedes em Florianópolis e São Paulo, firmou contrato com a Fundamee, representante em território mexicano da ACT, maior certificadora de pessoas do mundo.

Os cursos produzidos pela DTCOM são utilizados na preparação de profissionais para o processo de certificação, um item importante para a empregabilidade e reconhecimento de mercado. “No México, ter uma certificação é muito importante e representativo para grande parte da população que não teve a oportunidade de cursar o ensino formal, mas aprendeu uma profissão na prática”, explica Norton Moreira, CEO da DTCOM, especialista em educação a distância e gestão do conhecimento.

Mais de 1,6 milhão de pessoas já foram certificadas no México. Só em 2017, o total chegou a 600 mil, enquanto que a projeção para 2018, já com a participação da DTCOM, é subir para mais de 750 mil. Moreira explica que “desde o primeiro momento, a missão da DTCOM foi criar um modelo de preparatório para certificação de pessoas que fosse flexível, adequado à cultura latino-americana e pudesse ser aplicado à distância”.

Alguns cursos já estão disponíveis, em uso na preparação de pessoas para a certificação. Com duração de cinco anos, o contrato com a DTCOM também prevê a criação de uma plataforma de aprendizagem adaptativa, já em desenvolvimento, com o conceito de nanodegree utilizando o conceito de “comunidades de especialistas”, utilizado como base da Plataforma WayCO, e aplicado às competências laborais regradas no México.

O CEO da DTCOM afirma que a empresa está buscando internacionalizar a plataforma WayCO, que fornece conteúdo para uso como material didático em cursos de EAD, reforçando a oportunidade de usar o conceito de crowdsourcing e criar comunidades de especialistas em conteúdo para desenvolvimento de competências. “O México é uma excelente oportunidade para consolidarmos esse modelo”, afirma Norton. Segundo ele, formar comunidades de especialistas é uma forma rápida e confiável de desenvolver competências. “Isso vale para qualquer lugar do mundo e considerando que as comunidades se formam localmente, não temos problema com o idioma”.

Caminho natural para o mercado externo

Para Norton Moreira, a busca de outros mercados era um caminho natural para o crescimento da empresa. “O Brasil representa 50% do mercado de educação da América Latina e já somos o maior produtor de conteúdo aqui”, diz. Segundo Norton, esse posicionamento acabou sendo reforçado pelas próprias características da WayCO. “Ao criarmos a plataforma de gestão WayCO com uma visão disruptiva e alinhada com as tendências do mercado educacional, ampliamos nosso horizonte de modo a vislumbrar outros modelos de negócio mais voltados para marketplace, no qual somos o meio sobre o qual a produção de conteúdo ocorra”, explica o CEO.

Por isso, a chegada ao mercado exterior já era um objetivo da DTCOM. Já há algum tempo a empresa vinha se preparando para internacionalizar sua operação a partir da América Latina e com estudos de mercado, comportamento, hábitos, potencial, além da seleção de profissionais especialistas na língua espanhola. “Desde 2015, trabalhamos com projetos internacionais como o portal CHEGG e a Laureate, ambos dos Estados Unidos”, conta Sylvia Souza, gestora de Marketing da DTCOM. “Em 2017, tivemos a oportunidade de atender algumas empresas que estavam produzindo cursos para a MUST University, que atende a comunidade latino-americana de Miami e assim podemos compreender mais as características dos projetos, formatos, entre outros itens”, diz.

A expansão internacional da DTCOM não ficará restrita ao México, onde outros contratos além do assinado com a Fundamee serão firmados, nem à América Latina. De acordo com Norton Moreira, a empresa está desenvolvendo oportunidades também na Costa Rica, Colômbia, mas já mira também Estados Unidos, Alemanha e China. “Nossa plataforma WayCO já está pronta para atender a esses países”, diz. “Atualmente, temos negociações de parceria para atender esses mercados com empresas de tecnologia, como LMS e Biblioteca Virtual e também editoras com presença internacional”, conclui.

Sobre a DTCOM

Com quase 20 anos de mercado, a DTCOM é a maior produtora de conteúdo para ensino a distância do Brasil, trabalhando com soluções integradas em Educação Acadêmica e Corporativa, Comunicação e Tecnologia que geram resultados inovadoras para instituições de ensino, empresas e negócios. São mais de 200 clientes atendidos.

Sobre a plataforma WayCO

Plataforma desenvolvida pela DTCOM que permite que a equipe de ensino a distância de instituições e empresa tenha a máxima produtividade, reduzindo custos e ampliando qualidade na produção de material didático interativo a partir do uso do conteúdo da WayCO.