Educação

Diretora de escola pode ser afastada por reprodução de músicas ‘sensuais’ em evento de Dia das Mães

Nos vídeos divulgados nas redes sociais, aparece uma mulher cantando músicas com letras de cunho sexual; nos vídeos, é possível ver que ela tenta censurar algumas palavras, mas os alunos continuam cantando

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais
Diretora de escola pode ser afastada por reprodução de músicas ‘sensuais’ em evento de Dia das Mães
(Foto: Reprodução)

3 de maio de 2022 - 15:04 - Atualizado em 3 de maio de 2022 - 15:23

A diretora da Escola Municipal Parigot de Souza, de Rolândia, norte do Paraná, pode ser afastada da função após uma reclamação de pais sobre as músicas tocadas em homenagem ao Dia das Mães na instituição de ensino. Nesta segunda-feira (2), durante o evento, estavam, entre as composições, as músicas “Malvada” e “Esqueça-me se for capaz”, do cantor Zé Felipe e das cantoras Marília Mendonça e Maiara e Maraísa. A lista de canções reproduzidas gerou descontentamento entre os responsáveis pelos alunos, crianças de 7 a 10 anos.

Nos vídeos divulgados nas redes sociais, aparece uma mulher cantando músicas com letras de cunho sexual. É possível ver que ela tenta censurar algumas palavras, mas os alunos continuam cantando.

Veja o vídeo:

Na manhã desta terça-feira (3), o presidente da Câmara, Reginaldo Silva, junto da vereadora Janaína Beneli, foram até a instituição e a secretaria da Educação. De acordo com o vereador Rodrigo Teodoro (PSD), será avaliada a possibilidade de abertura de uma sindicância para analisar os fatos e a diretora da escola pode ser afastada. Durante o período de investigações, caso aconteça o afastamento, a direção ficará a cargo de um substituto ou substituta. A escola, no entanto, reitera que a diretora continua no cargo e diz que está estudando o que será feito.

“A Secretaria de Educação, vem através da presente informar que todas as instituições recebem capacitações e orientações quanto ao currículo pedagógico desenvolvido na rede municipal, e todas as instituições devem trabalhar as datas comemorativas dentro das diretrizes do currículo. Afirma, por final, que a secretaria de Educação não compactua com a conduta praticada na instituição no evento ocorrido no dia 02/05 junto a Escola Municipal Parigot de Souza, que se trata de um caso isolado e que diante dos fatos irá tomar as medidas necessárias para apuração dos fatos e responsabilização dos envolvidos.”

diz a nota da Secretaria de Educação

O vereador Rodrigo Teodoro também se pronunciou sobre a apresentação. Nas redes sociais, ele informou que familiares das crianças o procuraram, insatisfeitos com as músicas. Ele também disse que foi procurado pela instituição para autorizar as músicas sertanejas. Confira a nota completa:

“O que posso dizer é que a diretora me procurou pedindo autorização para trazer uma artista para uma homenagem às mães. Disse que seriam músicas sertanejas inclusive uma alusiva ao tema. Foi autorizado por se tratar de músicas de homenagem. A secretaria não se opõe ao trabalho que os professores junto aos gestores realizam em sua comunidade, no entanto não incentiva músicas consideradas inapropriadas para o público infantil. Lamentamos o ocorrido e estamos em contato com a direção da escola para saber de maiores detalhes e também esclarecer a esta comunidade escolar sobre os fatos”.

Registrou um flagrante? Mande pro WhatsApp do RIC Mais clicando aqui e faça o portal com a gente!