Economia

Mais de R$ 150 milhões de créditos não foram resgatados no Nota Paraná

Cerca de 900 mil consumidores têm créditos acumulados

Valeska
Valeska Macedo com informações da Agência Estadual de Notícias e supervisão de Giselle Ulbrich
Mais de R$ 150 milhões de créditos não foram resgatados no Nota Paraná
(Foto: Geraldo Bubniak/AEN)

25 de maio de 2022 - 21:17 - Atualizado em 25 de maio de 2022 - 21:17

Os créditos a serem resgatados no Nota Paraná, programa que incentiva o consumidor a pedir o CPF na nota na hora das compras, superam R$ 150 milhões. O valor inclui os cinco milhões de consumidores cadastrados e não cadastrados no estado.

Cerca de 900 mil consumidores têm créditos acumulados, somando com as pessoas que não estão cadastradas no programa. Para utilizar os valores recebidos, os interessados devem fazer o cadastro no site Nota Paraná. O prazo para realizar a transferência para uma conta bancária é de um ano, caso contrário, os recursos voltam para uso do estado. O saldo mínimo de resgate é de R$ 25,00.

Os prêmios do Nota Paraná são de R$ 10, R$ 10 mil, R$ 200 mil e R$ 1 milhão mensais e o consumidor pode, ainda, consultar pendências relacionadas ao IPVA. Os valores resgatados podem ser transferidos em conta de bancos do Sistema Financeiro Nacional, desde que não seja Bolsa Família, Cartão Cidadão, Conta Fácil, Conta Benefício e Conta Salário. 

Moradores de outros estados que comprarem produtos no Paraná também podem fazer o cadastro no programa.

Policial, serviços, política, saúde, economia… Tem isso e tudo o que acontece no Paraná no RIC Mais. Clique aqui e mande sua sugestão de pauta.