Economia

Índice japonês Nikkei recua de máxima de 30 anos com realização de lucros

Reuters
Reuters
Índice japonês Nikkei recua de máxima de 30 anos com realização de lucros
Painel com índice acionário Nikkei em corretora de Tóquio

12 de fevereiro de 2021 - 07:34 - Atualizado em 12 de fevereiro de 2021 - 07:35

TÓQUIO (Reuters) – O principal índice acionário do Japão interrompeu rali de quatro sessões nesta sexta-feira, recuando de uma máxima de mais de 30 anos atingida na sessão anterior diante da realização de lucros, mas ganhos na Toyota Motor e ações de chips limitaram as perdas.

O índice Nikkei recuou 0,14% e fechou a 29.520,07 pontos, depois de atingir nova máxima desde agosto de 1990 na quarta-feira. O mercado ficou fechado na quinta-feira devido a feriado.

Mas a Toyota Motor saltou 3,48%, depois que a montadora informou após o fechamento na quarta-feria que tem até quatro meses de estoques de chips e não espera imediatamente que uma escassez global de chips afete a produção.

Ações relacionadas a chips avançaram depois que o índice de semicondutores da Filadélfia atingiu máximas recordes após a Bloomberg News noticiar que o governo dos Estados Unidos prometeu medidas agressivas para lidar com a escassez de chips.

Os mercados na China e na maior parte do Sudoeste da Ásia ficaram fechados nesta sexta-feira devido ao feriado do Ano Novo Lunar. Os mercados da China permanecerão fechados até 17 de fevereiro.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei recuou 0,14%, a 29.520 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG permaneceu fechado.

. Em XANGAI, o índice SSEC não teve operações.

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, não abriu.

. Em SEUL, o índice KOSPI ficou fechado.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX não teve operações

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES ficou fechado.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 recuou 0,63%, a 6.806 pontos.

(Reportagem de Junko Fujita)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH1B0N0-BASEIMAGE