Economia

Importação de minério de ferro pela China recua pelo 2º mês com menor demanda

Reuters
Reuters
Importação de minério de ferro pela China recua pelo 2º mês com menor demanda
Minério no porto de Dalian

8 de novembro de 2021 - 09:12 - Atualizado em 8 de novembro de 2021 - 09:15

(.)

PEQUIM (Reuters) – As importações de minério de ferro pela China caíram 4,2% em outubro, registrando um segundo mês consecutivo de queda, mostraram dados alfandegários neste domingo, uma vez que a produção de aço restringe a demanda pela matéria-prima.

O maior consumidor mundial de minério de ferro importou 91,61 milhões de toneladas do produto no mês passado, ante 95,61 milhões em setembro, mostraram dados da Administração Geral das Alfândegas.

O número também representa uma queda de 14,2% em relação a outubro de 2020, depois que o governo apertou os controles ambientais e a demanda por produtos siderúrgicos enfraqueceu.

“Nos próximos anos, os controles de consumo de energia da China continuarão pesando sobre sua produção de aço bruto e também afetarão sua demanda por minério de ferro importado”, disse a GF Futures a clientes em uma nota antes dos dados.

Os preços dos contratos futuros de minério de ferro mais negociados na Bolsa de Commodities de Dalian caíram cerca da metade desde o pico em meados de maio de 1.227 iuanes (191,90 dólares) por tonelada.

A GF Futures espera que as importações de minério de ferro da China caiam de 5% a 7% no segundo semestre do ano, à medida que a produção de aço cai.

Nos primeiros dez meses de 2021, a China importou 933,48 milhões de toneladas de minério de ferro, uma queda anual de 4,2%.

(Por Min Zhang e Shivani Singh)

((Tradução Redação São Paulo 55 11 56447751))REUTERS RS

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEHA70NG-BASEIMAGE