Economia

Futuros caem após balanços de Apple e Amazon reacenderem temores sobre oferta e mercado de trabalho

Reuters
Reuters
Futuros caem após balanços de Apple e Amazon reacenderem temores sobre oferta e mercado de trabalho
Bolsa NY

29 de outubro de 2021 - 08:52 - Atualizado em 29 de outubro de 2021 - 08:55

Por Devik Jain

(Reuters) – Os contratos futuros do S&P 500 e do Nasdaq caíam na manhã desta sexta-feira, indicando que os índices à vista se afastarão das máximas recordes da véspera, com balanços das gigantes Apple e Amazon.com reacendendo preocupações com a escassez de mão de obra e oferta que estiveram na vanguarda desta temporada de lucros trimestrais.

Participantes do mercado têm observado de perto como as empresas norte-americanas enfrentam esses desafios, juntamente com receios sobre o aumento da inflação, depois que relatórios de lucros bastante otimistas até agora ajudaram investidores a olhar além de um lote misto de dados macroeconômicos.

No pré-mercado, a Apple caía 3,5%, depois de a fabricante do iPhone alertar que o impacto das interrupções na cadeia de suprimentos será ainda pior durante o atual trimestre de vendas de fim de ano, depois que os problemas de fornecimento custaram 6 bilhões de dólares em vendas no último trimestre.

Amazon.com Inc cedia 4,8%. A maior varejista online do mundo fez uma previsão desanimadora para as vendas do trimestre de fim de ano, à medida que salários mais altos para atrair funcionários e outras interrupções operacionais diminuem o lucro extraordinário da empresa com as compras online.

Starbucks Corp perdia 4,7%. A cadeia de café espera que a margem operacional do ano fiscal de 2022 seja de 17%, abaixo de sua meta de longo prazo, devido à inflação e aos investimentos.

O Dow e-minis cedia 0,08%, o S&P 500 e-minis descia 0,49%, e o Nasdaq 100 e-minis recuava 0,90%.

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH9S0OL-BASEIMAGE