Economia

Feirantes de Maringá com mais de 60 anos terão isenção de impostos

A medida deve beneficiar aproximadamente 180 profissionais idosos

Renan
Renan Vallim / Repórter
Feirantes de Maringá com mais de 60 anos terão isenção de impostos
Foto: Arquivo / PMM

18 de maio de 2022 - 12:44 - Atualizado em 18 de maio de 2022 - 12:44

Na mesma tarde em que Maringá ganha sua 55ª feira livre, o prefeito Ulisses Maia assina a lei que beneficia feirantes com mais de 60 anos. Eles serão isentos do imposto sobre ocupação do solo. A medida deve beneficiar aproximadamente 180 profissionais idosos.

Mais de 160 feirantes, que pagam cerca de R$ 300 por banca por ano, ficarão isentos do imposto. No geral, a economia será de R$ 50 mil. Cerca de 15 proprietários de foodtrucks que se enquadram na lei também serão beneficiados. No caso deles, a economia é de R$ 800 por veículo/ano, total de R$ 12 mil.

A assinatura será nesta quinta (19), às 17h30. É mais uma ação da Prefeitura voltada ao fortalecimento da Agricultura Familiar, um dos pilares da economia criativa na cidade. “É um setor que recebe nosso apoio porque proporciona alimentos de qualidade, geração de empregos e renda”, justifica o prefeito.

O setor recebe apoio da Prefeitura de Maringá das mais variadas formas. Seja pelos incentivos na criação e manutenção das 39 Hortas Comunitárias, mais de 50 feiras livres, e à garantia da compra de alimentos, por meio da Merenda Escolar, a cerca de 600 produtores cadastrados em seis cooperativas.

Nova feira

A nova feira, Por do Sol, e o benefício, são como os adubos que os produtores utilizam para melhorar a fertilidade do solo. Por outro lado, a feira vai beneficiar principalmente os moradores da região do Jardim Ipanema e população em geral com produtos de qualidade. Ela ficará na rua Enrico Bruno Zamponi, em frente ao Hospital Municipal de Maringá, e funcionará todas as quintas-feiras, entre 16 e 21 horas.