Economia

Com arrecadação recorde, Maringá se consolida como polo tecnológico

Foram quase R$ 33 milhões em impostos arrecadados em 2021, alta de 89% em relação ao ano anterior

Renan
Renan Vallim / Repórter
Com arrecadação recorde, Maringá se consolida como polo tecnológico
Foto: Ilustrativa / Pixabay

19 de maio de 2022 - 06:20

Maringá registrou crescimento de 89% na arrecadação do Imposto Sobre Serviços (ISS) do segmento de informática e assistência técnica em computadores no ano passado em relação a 2020. O dado mostra como a retomada econômica ocorreu de forma rápida e acentuada na cidade e reforça Maringá como polo tecnológico.

No ano passado, o setor registrou arrecadação de R$ 32,8 milhões contra R$ 17,3 milhões em 2020. Mesmo durante o período mais crítico em 2020, também foi registrado crescimento de 16,53% em relação a 2019, mostrando a força do segmento na cidade.

Leia também: Feirantes de Maringá com mais de 60 anos terão isenção de impostos

O crescimento de arrecadação está ligado à geração de novos negócios. Apenas no ano passado, 45 novas empresas de informática foram criadas, impulsionando a economia e criação de novos postos de trabalho. “A tecnologia é um motor importante e que puxa os negócios”, destaca o secretário de Fazenda, Orlando Chiqueto.

Com as soluções tecnológicas cada vez mais presentes nas empresas, o segmento de serviços que reúne informática e assistência em computadores despontou em Maringá no ano passado e registrou a terceira maior arrecadação de ISS entre os segmentos analisados.

O incentivo da gestão municipal para a geração de negócios e o investimento no setor de tecnologia também contribuem para o crescimento do segmento. Uma das ações do município é a implementação do Parque Tecnológico.

No espaço, de quase 170 mil m², as empresas de tecnologia da cidade podem expandir as operações, e construir sedes em terrenos próprios, com benefícios do município. Dessa forma, a prefeitura incentiva a geração de empregos e o desenvolvimento de soluções tecnológicas locais.