Economia

BC britânico não deveria reduzir estímulo por vários trimestres, diz Vlieghe

Reuters
Reuters
BC britânico não deveria reduzir estímulo por vários trimestres, diz Vlieghe
BC britânico não deveria reduzir estímulo por vários trimestres, diz Vlieghe

26 de julho de 2021 - 10:47 - Atualizado em 26 de julho de 2021 - 10:50

Por William Schomberg e Kate Holton

LONDRES (Reuters) – A autoridade do banco central britânico, Gertjan Vlieghe, disse que o banco não deveria reduzir seu estímulo, possivelmente, até 2022, porque o recente aumento na inflação deve ser temporário e a Covid-19 continua sendo uma ameaça para a economia.

Vlieghe também disse que gostaria de ver nos próximos meses o impacto sobre a economia da retirada do programa de apoio durante a pandemia, fornecido pelo governo, incluindo o programa de subsídio salarial.

“Por todas essas razões, acredito que continuará sendo apropriado manter o estímulo monetário atual por, pelo menos, vários trimestres, e provavelmente por mais tempo”, disse Vlieghe em discurso na London School of Economics nesta segunda-feira.

Duas autoridades do banco central – o vice-presidente, Dave Ramsden, e Michael Saunders – disseram neste mês que o momento de adotar uma política monetária mais rígida pode estar se aproximando, levantando a perspectiva de uma redução do programa de compra de títulos antes do planejado.

(Por William Schomberg e Kate Holton)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH6P0YT-BASEIMAGE