Economia

Barkin, do Fed, diz que EUA têm feito “mais avanços substanciais” rumo à meta de inflação

Reuters
Reuters
Barkin, do Fed, diz que EUA têm feito “mais avanços substanciais” rumo à meta de inflação
Presidente do Federal Reserve de Richmond, Thomas Barkin

28 de junho de 2021 - 15:02 - Atualizado em 28 de junho de 2021 - 15:05

Por Lindsay Dunsmuir

WASHINGTON (Reuters) – O Federal Reserve (Fed) dos Estados Unidos fez “avanços substanciais” em direção à sua meta de inflação a fim de começar a reduzir as compras de ativos, disse o presidente do Fed de Richmond, Thomas Barkin, nesta segunda-feira, indicando que os números de emprego nos EUA podem seguir esse progresso em breve.

“Está muito claro para mim que tivemos avanços substanciais diante da nossa meta de inflação”, disse Barkin durante evento no Rotary Club de Atlanta. “Estou bastante otimista em relação ao mercado de trabalho… Se o mercado de trabalho abrir como sugeri, acredito que vamos chegar lá em um prazo relativamente curto.”

Barkin acrescentou que esperará até o próximo ano para determinar se o banco central dos EUA cumpriu suas obrigações com seus mandatos de inflação e emprego para começar a aumentar as taxas de juros ante o atual patamar, de quase zero.

“Acho que vamos olhar para isso no próximo ano e ver o que acontece, e se os números baterem, ótimo; se não, temos tempo porque isso vai mostrar que ainda há mais tempo para a economia crescer”, disse.

tagreuters.com2021binary_LYNXNPEH5R156-BASEIMAGE