Economia

Aumento das provisões dos bancos no mundo sugere cautela, diz Campos Neto

Reuters
Reuters
Aumento das provisões dos bancos no mundo sugere cautela, diz Campos Neto
(Blank Headline Received)

19 de agosto de 2020 - 10:34 - Atualizado em 19 de agosto de 2020 - 10:35

BRASÍLIA (Reuters) – O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, indicou nesta quarta-feira que, no cenário internacional, o aumento das provisões dos bancos com perdas “ainda sugere cautela”, conforme apresentação exibida a investidores, em encontro fechado organizado pelo Bank of America.

No documento, Campos Neto exibiu gráficos mostrando a elevação do provisionamento durante o segundo trimestre tanto nos Estados Unidos quanto na União Europeia.

Ainda sobre a economia global, Campos Neto apontou que, apesar da confiança reduzida nos EUA, dados recentes sugerem que gastos do consumidor estão voltando a níveis pré-crise. Para a China, a avaliação é que há rápida recuperação, embora ainda incompleta, com o investimento como principal fator de impulso à atividade.

Já para as economias emergentes, Campos Neto reiterou que a despeito de alguns sinais “promissores” de recuperação, o ambiente segue desafiador.

Em relação ao ambiente de captação de recursos no Brasil, o presidente do BC destacou que houve aumento dos recursos tomados junto a clientes devido à preferência destes por CDBs e poupança.

Ecoando esforços recentes da autoridade monetária de demonstrar comprometimento com a questão do meio ambiente diante da chamuscada imagem do Brasil no exterior, Campos Neto incluiu na apresentação um slide sobre a “agenda verde”, destacando que o BC tem posição de longa data a favor da sustentabilidade e que, em 2020, tornou-se membro do Network for Greening the Financial System (NGFS).

(Por Marcela Ayres)

tagreuters.com2020binary_LYNXNPEG7I10M-BASEIMAGE