Economia

Arrecadação federal salta 45,2% em abril com menor diferimento de tributos

Reuters
Reuters
Arrecadação federal salta 45,2% em abril com menor diferimento de tributos
Arrecadação federal salta 45,2% em abril com menor diferimento de tributos

20 de maio de 2021 - 13:48 - Atualizado em 20 de maio de 2021 - 13:50

Por Isabel Versiani

BRASÍLIA (Reuters) – A arrecadação federal saltou 45,2% em termos reais em abril sobre o mesmo período do ano passado, somando 156,8 bilhões de reais, valor recorde para o mês, mostraram dados divulgados nesta quinta-feira pela Receita Federal.

O desempenho superou as expectativas de analistas de uma arrecadação de 140 bilhões de reais, segundo pesquisa da Reuters.

No quadrimestre, a arrecadação somou 602,7 bilhões de reais, o que também foi o maior valor para o período da série da Receita, que tem início em 1995.

O crescimento das receitas recolhidas no mês foi impulsionado pelo fato de, em abril do ano passado, o volume de tributos cujo pagamento foi prorrogado em meio à crise do coronavírus (33 bilhões de reais) ter sido bem maior do que o diferimento em abril deste ano (8,6 bilhões de reais).

Em nota, a Receita também chamou atenção para o aumento de 42,6% da arrecadação total do IRPJ/CSLL, cobrados das empresas, que somou 35,3 bilhões de reais em abril. O IRPJ foi diferido em 2020 e 2021 para as empresas que recolhem pelo Simples Nacional.

tagreuters.com2021binary_LYNXNPEH4J12N-BASEIMAGE