Economia

Aplicativo de transporte exclusivo para mulheres começa a funcionar em Londrina

O serviço foi inaugurado nesta quinta-feira (09) e conta com 300 motoristas cadastradas

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais com informações do N.Com
Aplicativo de transporte exclusivo para mulheres começa a funcionar em Londrina
(Foto: Ilustrativa/Pexels)

9 de dezembro de 2021 - 12:00 - Atualizado em 9 de dezembro de 2021 - 12:00

Nesta quinta-feira (09), o aplicativo de transporte exclusivo para mulheres, o Lady Driver, começa a funcionar em Londrina, norte do Paraná. Tanto a motorista quanto a passageira devem ser mulheres. A plataforma surgiu com a intenção de aumentar a segurança deste público.

O aplicativo está disponível para Android e iOS. O processo de cadastramento exige a inclusão do número de CPF, que é verificado pela empresa junto à Receita Federal e Polícia Federal. Entretanto, existem exceções: as usuárias do aplicativo podem solicitar o transporte de crianças desacompanhadas de oito a 16 anos, idosos e pessoas com deficiência.

Em Londrina, o aplicativo já possui 300 motoristas cadastradas. Para a sua instalação no município, a startup responsável pela plataforma contou com o apoio da Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU) e das secretarias municipais do Trabalho, Emprego e Renda (SMTER) e de Fazenda (SMF).

Mulheres que desejam se tornar usuárias do Lady Driver devem baixar a versão “Lady Driver Passageira” e fazer seu cadastro com dados como nome, sobrenome, telefone e CPF. As que pretendem atuar como motoristas devem fazer o download da versão “Lady Driver Motorista”. Neste caso, além do CPF, também será necessária a inclusão do número de CNH, entre outros documentos.