Economia

Aneel aprova alta de 11,1% na tarifa da Neoenergia Brasília

Reuters
Reuters
Aneel aprova alta de 11,1% na tarifa da Neoenergia Brasília
Distribuição de energia

21 de outubro de 2021 - 20:54 - Atualizado em 21 de outubro de 2021 - 20:55

(Reuters) – A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou nesta quinta-feira revisão tarifária periódica da Neoenergia Brasília, com efeito médio para o consumidor de alta de 11,1% a partir de sexta-feira.

Segundo a Aneel, os itens mais representativos na revisão foram os custos com encargos setoriais e com a aquisição de energia –estes últimos impactados em especial pelos contratos bilaterais de compra de energia, atualizados pelo IGPM e sob influência da variação cambial.

As revisões tarifárias estão previstas nos contratos de concessão e têm por objetivo alcançar o equilíbrio das tarifas com base na remuneração dos investimentos das empresas voltados para a prestação dos serviços de distribuição e a cobertura de despesas efetivamente reconhecidas pela Aneel, segundo a reguladora.

Segundo nota da Neonergia, a reversão do saldo remanescente da Conta Covid, o uso dos créditos tributários referentes à exclusão do ICMS da base do PIS/COFINS, diferimento da compra de energia de Itaipu, bem como o financeiro relativo à bandeira Escassez Hídrica, contribuíram para redução do efeito médio ao consumidor.

(Por Lais Morais)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH9K1CX-BASEIMAGE