Cotidiano

Passageiros ganham integração entre sete linhas de ônibus na região do Pilarzinho

A obra concluída foi vistoriada na tarde desta sexta-feira (8) pelo prefeito Rafael Greca

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais com informações da Prefeitura de Curitiba
Passageiros ganham integração entre sete linhas de ônibus na região do Pilarzinho
(Foto: Daniel Castellano / SMCS)

9 de abril de 2022 - 08:19 - Atualizado em 9 de abril de 2022 - 08:19

Com a obra da Cruz do Pilarzinho os usuários do transporte coletivo de Curitiba passam a contar, a partir desta sexta-feira (8), com uma integração temporal inédita entre o bairro Pilarzinho e vários terminais, como Cabral, Campina do Siqueira, Santa Felicidade e Santa Cândida.

A integração beneficiará passageiros de sete linhas de ônibus que transportam, juntas, 22 mil pessoas por dia – cerca de 543 mil por mês.

A conexão é uma reivindicação antiga da população, mas dependia da conclusão das obras na região da Cruz do Pilarzinho, que contou com alargamento de ruas, correção geométrica e novo calçamento. As intervenções aumentaram a segurança no trânsito e para os passageiros.

A obra concluída foi vistoriada na tarde desta sexta-feira (8) pelo prefeito Rafael Greca.

Integração

Localizada junto à Cruz do Pilarzinho, uma “estação” de integração, formada por dois conjuntos de três pontos cobertos – um de cada lado da via – permite a partir de agora a conexão temporal. Por ela, os passageiros podem trocar de linha, sem pagar uma nova passagem, usando o cartão-transporte, durante um determinado tempo. 

“Com a integração temporal, as pessoas economizam tempo e dinheiro, podendo se conectar à Rede Integrada de Transporte (RIT) sem ter que pagar mais uma passagem e ainda aproveitar o período para utilizar o comércio e os serviços da região. O transporte coletivo ganha em qualidade. Isso é uma cidade inteligente na prática”,

diz Ogeny Pedro Maia Neto, presidente da Urbanização de Curitiba (Urbs), responsável pelo gerenciamento do transporte coletivo na cidade.

No local, a conexão pode ser feita entre as linhas convencionais 170 Bracatinga, 171 Primavera, 169 Jardim Kosmos e 166 Vila Nori e com as linhas circulares 020 Interbairros II (horário) e 021 Interbairros II (anti-horário). As linhas Interbairros II passam por 25 bairros da capital e cinco terminais – Campina do Siqueira, Cabral, Capão da Imbuia, Hauer e Capão Raso.

A linha alimentadora 924 Sta Felicidade/Sta Cândida, que tem ponto nas proximidades da Cruz do Pilarzinho, também fará parte da integração temporal com as demais.

O tempo de conexão é de 60 minutos para quem vai fazer a integração com os Interbairros II e de duas horas para quem vem pelas linhas circulares e vai integrar com as demais.