Cotidiano

Ex-governadora Cida Borghetti recebe o título de Cidadã Honorária de Foz

Solenidade aconteceu nesta segunda-feira (20) e contou com as presenças do prefeito Chico Brasileiro e outras autoridades

Com informações da prefeitura de Foz do Iguaçu
Ex-governadora Cida Borghetti recebe o título de Cidadã Honorária de Foz
Ex-governadora Cida Borghetti recebe o título de Cidadã Honorária de Foz (Foto: divulgação)

20 de dezembro de 2021 - 16:40 - Atualizado em 20 de dezembro de 2021 - 16:41

Durante uma sessão solene da Câmara Municipal de Foz do Iguaçu nesta segunda-feira (20), a ex-governadora do Estado do Paraná e conselheira da Itaipu Binacional, Cida Borghetti, recebeu o título de Cidadã Honorária da cidade. A solenidade contou com a presença do prefeito Chico Brasileiro, do deputado federal e líder do governo federal Ricardo Barros, entre outras autoridades municipais e estaduais.

“Este título é mais do que merecido. A Cida sempre teve um olhar especial para Foz do Iguaçu e nos ajudou muito a atrair investimentos para obras de infraestrutura, turismo e também para o Hospital Municipal. Somos muito gratos por este olhar especial que ela tem para com a nossa cidade”

disse o prefeito Chico Brasileiro.

O decreto legislativo nº 06/2021, que concedeu o Título de Cidadã Honorária a Cida Borghetti, foi proposto pelo vereador Alex Meyer. Como exemplos de ações da ex-governadora em Foz estão a articulação para a construção da segunda ponte entre o Brasil e Paraguai, o viaduto da Av. Costa e Silva, programa da Coleta Seletiva, Condomínio do Idoso, recursos para a conclusão do CER IV e da UBS (Unidade Básica de Saúde) do Cidade Nova, entre outras.

“Sem dúvidas este é um dos momentos mais especiais da minha vida. Tenho uma antiga relação com esta cidade maravilhosa, que encanta todo o mundo por suas belezas, e é um cartão postal para o mundo. Tenho muito amor por esta cidade e, com este título, me considero filha legítima de Foz. Gratidão a todos”, disse Cida Borghetti em agradecimento à honraria.

Biografia

Maria Aparecida Borghetti é natural de Caçador (SC). Ela é empresária, formada em administração pública pela Unisul, tem especialização em políticas públicas pela Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Na vida pública, em 2021, Cida Borghetti foi nomeada pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, para o cargo de conselheira administrativa da Itaipu Binacional. Anteriormente, foi deputada estadual, federal e governadora do estado do Paraná. Em 2002, foi eleita deputada estadual, com 53.225 votos; em 2006 foi reeleita deputada estadual com 66. 492 votos, período em que teve 101 projetos aprovados e sancionados; em 2010, foi eleita deputada federal com 147.910 votos e presidiu a Comissão Especial que aprovou o Marco Legal da Primeira Infância.

Em 2014, foi eleita vice-governadora do estado do Paraná com 3,3 milhões de votos. Em oito meses à frente do governo paranaense realizou uma gestão eficiente, transparente e com diálogo com todos os setores. Neste período, foram investidos mais de R$ 8,7 bilhões em todas as regiões.

Tornou o Paraná uma das principais referências no tema primeira infância, assinou a adesão do estado ao Programa Criança Feliz, ampliou recursos para as Apaes, criou a Divisão de Combate à Corrupção, estabeleceu o governo digital, reduziu a burocracia e os índices de criminalidade, deixando o estado com a melhor situação financeira e fiscal do país. Cida é reconhecida nacionalmente pelo trabalho em favor das mulheres, crianças e adolescentes, saúde preventiva, combate e tratamento do câncer de mama e cuidado especial com as pessoas.

Foi indicada e aprovada, por unanimidade, pelo Conselho Geral da Organização Mundial da Família, para exercer o cargo de embaixadora da Organização Mundial da Família.