Cotidiano

Bazar solidário oferece eletrônicos apreendidos por preços abaixo do mercado

O valor arrecadado será revertido para melhorias no único hospital de Apucarana, o Hospital da Providência

Caroline
Caroline Maltaca / Estagiária com supervisão de Caroline Berticelli
Bazar solidário oferece eletrônicos apreendidos por preços abaixo do mercado
Bazar beneficente que será realizado em Curitiba traz produtos apreendidos por preços diferenciados (Foto: Reprodução/HNSG)

10 de agosto de 2021 - 18:12 - Atualizado em 10 de agosto de 2021 - 18:12

O Hospital da Providência de Apucarana, no norte do Paraná,  irá realizar em Curitiba um  bazar solidário com produtos apreendidos pela Receita Federal entre os dias 16 a 20 de agosto, das 9h às 16h, na Escola Vicentina Técnica Catarina Labouré, no bairro Mercês. Entre os itens oferecidos por preços abaixo do mercado estão perfumes, eletrônicos e roupas.

Para a Irmã Geovana Ramos, diretora geral do Hospital da Providência, a participação da comunidade no bazar solidário contribui com o atendimento prestado pela Instituição, já que o valor arrecadado será revertido para melhorias no único hospital de Apucarana.

“Mais de 80% dos nossos atendimentos são para pacientes do SUS e, com a ajuda da população conseguimos aprimorar nossa infraestrutura para fornecer o melhor atendimento possível”,

afirma Irmã Geovana.

Orientações

Diante do cenário pandêmico, o atendimento será realizado somente com horário marcado através de um agendamento prévio pelo telefone (41) 3240-6400. Além disso, não será permitida a entrada de crianças menores de 14 anos e o limite máximo será de 10 pessoas por horário, com permanência de 30 minutos no local, sendo 20minutos para compras e 10 minutos para pagamento.

O Hospital Nossa Senhora das Graças também informa que:

  • As formas de pagamento são: dinheiro, cartão de débito e cartão de crédito. Lembrando que as compras acima de R$ 100,00 poderão ser parceladas em até 3 vezes no cartão de crédito (não será aceito cheque);
  • Será obrigatório o uso de máscaras e a apresentação de CPF e RG do titular para entrada e realização das compras.