Cotidiano

Balsa que realiza travessia em Guaratuba fica à deriva nesta segunda-feira (10)

Conforme o DER, um engenheiro foi enviado para o local para verificar o que aconteceu com o ferry boat e qual foi o tempo de duração do problema

Daniela
Daniela Borsuk com colaboração de Alessandra Bocchi, da RICtv
Balsa que realiza travessia em Guaratuba fica à deriva nesta segunda-feira (10)
(Foto: Jarbas Motta)

10 de janeiro de 2022 - 13:26 - Atualizado em 10 de janeiro de 2022 - 17:44

Uma balsa que realiza a travessia na baía de Guaratuba, no Litoral do Paraná, ficou à deriva na manhã desta segunda-feira (10).

Conforme o Departamento de Estradas de Rodagem (DER), que fiscaliza o serviço, um engenheiro foi enviado ao local e constatou que a balsa sofreu uma falha mecânica. No entanto, em “questão de minutos o problema foi solucionado com o apoio de outras duas embarcações”.

Ainda conforme a autarquia estadual, a concessionária responsável pela travessia da Baía de Guaratuba foi notificada pela situação desta segunda. (Veja nota abaixo)

A RICtv entrou em contato com a BR Travessias, empresa responsável pelo ferry boat em Guaratuba, e aguarda retorno.

(Foto: Jarbas Motta)

Conforme a última atualização feita pelo DER sobre o ferry boat no Twitter, o tempo de duração para a compra de bilhetes por volta das 11h desta segunda-feira era de 40 minutos.

Nota do DER

Veja a nota do Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná na íntegra:

“Sobre o incidente envolvendo o conjunto de rebocador e balsa, na manhã desta segunda-feira, 10 de janeiro, informamos que o ocorrido foi devidamente notificado pela fiscalização do Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná – DER/PR.

A concessionária informa que a embarcação sofreu um desvio da rota de navegação por conta de uma falha mecânica e que em questão de minutos com apoio de outras duas embarcações o problema já foi solucionado.
O DER/PR já lavrou nas últimas semanas autos de infração em desfavor da empresa que administra a travessia na Baía de Guaratuba e acompanha atentamente os problemas que os paranaenses estão enfrentando nos últimos dias. Ao verificar qualquer fato gerador de descumprir contratual, são aplicadas as devidas sanções – por meio de notificações, advertências e autos de infração.

A fiscalização estará empenhada todo o período da operação verão, pois desde outubro o DER/PR conta com uma equipe específica para apoiar a fiscalização e o gerenciamento do contrato do ferry boat de Guaratuba, com a contratação de analistas de Engenharia Civil, Administrativo, de Engenharia Naval e Jurídico.

Eles se juntaram aos profissionais que já atuavam na fiscalização, e apoiam o DER/PR visando garantir o serviço adequado, prezando pela segurança e conforto dos usuários, seguindo fielmente o disposto em contrato.