Comportamento

Mulher fica presa em encontro às cegas após lockdown repentino, na China

Wang jantava na casa do homem que havia acabado de conhecer quando foi decretado o confinamento

Isadora
Isadora Deip / Estagiária com informações do R7 e supervisão de Caroline Berticelli
Mulher fica presa em encontro às cegas após lockdown repentino, na China
Foto: Shenzhen TV

13 de janeiro de 2022 - 21:30 - Atualizado em 13 de janeiro de 2022 - 21:38

Uma chinesa ficou presa na casa de um homem com quem estava tendo o primeiro encontro, após a cidade de Zhengzhou, no leste da China, decretar lockdown na última quarta-feira (12). A mulher, identificada pelo sobrenome Wang, relatou o caso em uma série de vídeos que viralizaram nas redes sociais.

“Logo depois de chegar a Zhengzhou, houve um surto. A comunidade foi confinada e eu não pude sair”,

disse Wang ao jornal The Paper, com sede em Xangai. 

A mulher conta que estava em Zhengzou em uma viagem que duraria uma semana, e o desespero por estar “ficando mais velha” fez com que sua família a apresentasse para alguns homens da cidade. “O quinto quis me mostrar seus dotes culinários e me convidou para jantar na casa dele”, completou.

Agora em lockdown com um homem que havia acabado de conhecer, Wang posta vídeos documentando sua vida cotidiana. O homem é visto cozinhando ou fazendo trabalhos domésticos enquanto ela dorme, segundo clipes divulgados pela mídia local. Em nenhum dos vídeos – agora virais – Wang revela sua idade, nem a identidade do “pretendente”.

Covid-19 na China

Em meio a alta nos casos de Covid-19, a China luta para conter os diversos focos locais das variantes Delta e Ômicron. Na cidade de Zhengzhou, mais de 100 casos foram relatados na semana passada e determinadas regiões da cidade foram confinadas de repente na última quarta-feira (12).

Policial, serviços, política, saúde, economia… Tem isso e tudo o que acontece no Paraná no RIC Mais. Clique aqui e mande sua sugestão de pauta.