Comportamento

Morte de jovem médica vítima de AVC causa comoção em cidade catarinense

Mulher passou mal enquanto viajava com o marido que também é médico

Guilherme
Guilherme Becker / Editor com informações do portal ND+
Morte de jovem médica vítima de AVC causa comoção em cidade catarinense
(Foto: Reprodução/ Redes Sociais)

7 de dezembro de 2021 - 11:31 - Atualizado em 7 de dezembro de 2021 - 11:31

A morte de uma jovem médica da cidade de Lages, em Santa Catarina, no último final de semana, causou grande comoção. Flavia Burigo Antunes, de 31 anos, não resistiu após sofrer um Acidente Vascular Cerebral (AVC). A mulher chegou a ser socorrida e permaneceu uma semana internada, porém, a lesão causada comprometeu gravemente o sistema neurológico.

Flavia faleceu no Hospital Governador Celso Ramos, em Florianópolis, na última sexta-feira (3). A mulher estava internada desde o dia 26 de novembro, quando começou a passar mal durante uma viagem com o marido, que também é médico.

De acordo com informações do portal ND+, logo após a mulher apresentar os primeiros sintomas, o homem buscou ajuda na cidade de Bom Retiro. Com auxílio de um médico de plantão, os profissionais prestaram o primeiro atendimento e encaminharam a vítima de helicóptero para a capital.

medica-flavia-burigo
(Foto: Reprodução/ Redes Sociais)

Segundo o marido de Flavia, o AVC foi muito grave. “Ela sofreu um AVC muito grave, extenso, com grande comprometimento neurológico. Infelizmente não resistiu”, contou Rafael ao portal ND+.

Ainda de acordo com o marido da vítima, não é possível afirmar a causa do AVC. Flavia deixa o esposo e uma filha de quatro anos. A médica praticava atividades físicas com frequência e atuava como clínico geral em Lages e região.

O enterro de Flavia ocorreu no último sábado (4) e causou grande comoção na cidade de Lages.