Comportamento

Dia da Consciência Negra tem ato contra Bolsonaro em Curitiba

No Paraná, houve manifestações em Curitiba, Londrina e Ponta Grossa

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais com informações de Rodrigo Sigmura
Dia da Consciência Negra tem ato contra Bolsonaro em Curitiba
(Foto: Rodrigo Sigmura)

20 de novembro de 2021 - 17:18 - Atualizado em 20 de novembro de 2021 - 17:32

No dia em que se comemora a Consciência Negra, Curitiba registrou manifestações contra o presidente Jair Bolsonaro. Nos atos, os manifestantes gritavam “Fora Bolsonaro”, entre outras palavras de ordem.

Na capital, a manifestação se concentrou na Praça João Cândido, ao lado do Belvedere, no Largo da Ordem, a partir das 15h. Manifestantes de esquerda, com faixas e cartazes, se uniam em pautas gerais da classe trabalhadora à luta antirrracista. Também gritavam palavras de ordem contra Bolsonaro, pedindo, entre outras coisas, a saída do presidente.

Por volta das 16h30, outros movimentos sociais começaram a se unir à manifestação na Praça João Cândido, como o que pedia melhores condições de moradia.

A manifestação seguiu pacífica com a presença da Guarda Municipal e, mais para o fim da tarde, da Polícia Militar, que não divulgou número total de participantes.

Londrina

Em Londrina, no norte do Paraná, manifestações e atividades culturais também marcaram o Dia da Consciência Negra e atos contra Bolsonaro. A ação começou no antigo coreto do calçadão da cidade, com apresentações artísticas e manifestações políticas. os participantes saíram em marcha ré até a Concha Acústica, cruzando pacificamente com manifestantes contrários à obrigatoriedade da vacina.

Já na Concha Acústica, os movimentos antirracistas se uniram na Feira AfroCriativos e numa apresentação musical do coletico Black Singers.

Outras cidades

Também havia a previsão de que houvesse manifestação em alusão à Consciência Negra e também contra Bolsonaro em Ponta Grossa, nos Campos Gerais do Paraná.

Pelo Brasil, a expectativa da Centra Única dos Trabalhadores (CUT), uma das mobilizadoras das manifestações, era a de que 105 cidades brasileiras participassem de 113 atos. Houve manifestações em quase todas as capitais brasileiras.

No exterior, também estavam precistos atos na Alemanha, Bélgica, Espanha, Estados Unidos, França, Holanda, Itália, Inglaterra, Portugal e Suíça.