Comportamento

Artista caminha pelas ruas com um “cadáver” e é alvo de ameaças

Jovem acreditou que ao se vestir com um macacão médico e caminhar pelas ruas com um suposto cadáver geraria uma comoção nas pessoas sobre os riscos da Covid-19

Carol
Carol Machado / Produtora
Artista caminha pelas ruas com um “cadáver” e é alvo de ameaças
Artista caminha pelas ruas com um “cadáver” e é alvo de ameaças (Foto: reprodução Youtube)

17 de dezembro de 2021 - 14:14 - Atualizado em 17 de dezembro de 2021 - 14:14

Um homem realizou uma performance artística para alertar a população sobre os riscos da Covid-19. Jorge Galán, é enfermeiro e artista visual, e decidiu andar pelas ruas de Málaga, na Espanha, empurrando uma maca com um ator que fingia ser um cadáver.

De acordo com o Mega Notícias, a performance do artista não agradou e agora ele está recebendo diversas ameaças.  

Segundo o artista, a intervenção criada leva o nome de “Carryng the Dead”. Jorge acreditou que ao se vestir com um macacão médico e caminhar pelas ruas com um suposto cadáver geraria uma comoção nas pessoas.

“Queria fazer uma metáfora e enfrentar a responsabilidade e a indolência neste momento, especialmente no que se refere ao natal e aos acontecimentos bastante corriqueiros que colocam em risco a segurança”

explicou Jorge ao jornal Málaga Hoy

O jovem conta que a sua encenação causou diversos tipos de reações: “Eles me acusaram de ser terrorista”. Porém, agora as reações ao seu ato artístico estão indo longe demais, Jorge está recebendo ameaças de morte.

“Uma coisa é que eles não gostam -da iniciativa- e outra é me desejar a morte ou ameaçar me espancar”

enfatizou o artista.

Veja o vídeo da performance: