O deputado federal mais caro do Paraná em 2019 foi Evandro Roman (PSD). Ele usou R$ 449.527,93 da verba para custos de gabinete. Na sequência vem Toninho Wandscheer (PROS), R$ 437.606,18, e Enio Verri (PT), R$ 436.192,26.

 

O mais econômico foi Paulo Martins (PSC) que usou R$ 57.834,94.

 

Os dados são do Portal da Transparência da Câmara dos Deputados.

Marc Sousa

Marc Sousa

Compartilhe essa opinião:

Opiniões do colunista