Notícias

Curitiba pode quebrar recorde histórico de calor nesta sexta-feira (2)

O recorde atual é do dia 17 de novembro de 1985, quando a capital paranaense atingiu os 35,2°C

Guilherme
Guilherme Becker / Editor com informações da Clima Tempo
Curitiba pode quebrar recorde histórico de calor nesta sexta-feira (2)
(FOTO: EDUARDO MATYSIAK)

2 de outubro de 2020 - 10:36 - Atualizado em 2 de outubro de 2020 - 10:36

A cidade de Curitiba pode ter nesta sexta-feira (2) a maior temperatura da história. O recorde atual é do dia 17 de novembro de 1985, quando a capital paranaense atingiu os 35,2°C. Na tarde de ontem, os termômetros chegaram na casa dos 34°C.

Mas a onda de calor não atinge apenas Curitiba, outras cidades do estado quebraram recordes nesta semana. Nesta quinta-feira (1), tivemos o maior valor de temperatura já registrado desde a instalação das estações (1997) so Simepar em Maringá (39,2°C), Londrina (39,3°C), Umuarama (40,0°C) e São Miguel do Iguaçu (40,6°C).

Mais calor pelo Brasil

De acordo com o Clima Tempo, nesta sexta-feira as temperaturas de 40°C a 44°C poderão observadas em áreas dos estados de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, Pará, Tocantins, Piauí, Maranhão, Bahia, Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro e Paraná.

A cidade de São Paulo também poderá registrar um novo recorde histórico de calor, superando a marca de 37,8°C do dia 17/10/2014.

As capitais Rio de Janeiro e Belo Horizonte podem ter o dia mais quente de 2020 até agora, com uma temperatura muito próxima do recorde histórico de calor. Para o Rio de Janeiro, o recorde histórico de calor é de 43,2°C, em 26/12/2012. O recorde atual de calor para o ano de 2020 para a cidade do Rio é de 40,2°C, no dia 27 de setembro, verificado na Marambaia.

Para Belo Horizonte, pelas medições do Instituto Nacional de Meteorologia, o recorde histórico de calor é 37,4°C em 22/10/2015. O recorde atua de calor para 2020 é de 36,5°C, considerando a medição da estação meteorológica do bairro Santo Agostinho, que opera desde março de 1910.

Frente fria derruba a temperatura em algumas capitais

Uma frente fria avança sobre o Sul do Brasil nesta sexta-feira (2), e até a noite chega ao litoral de São Paulo. Neste próximo sábado (3) esta frente fria alcança o estado do Rio de Janeiro.

A passagem desta frente fria não vai acabar com o calorão pelo interior do Brasil, mas vai conseguir derrubar a temperatura em Curitiba, em São Paulo e no Rio de Janeiro já no sábado.

O fim de semana será marcado com muitas nuvens e temperatura amena em São Paulo, Curitiba e no Rio de Janeiro. Dá até para sentir um friozinho.

Já em Belo Horizonte, o ar esquenta ainda mais no sábado e o domingo será só menos quente.