Clima e Tempo

Tornado passa por Castro, nos Campos Gerais, e levanta muita poeira e palha

Tornado não causou estragos porque “andou” somente entre lavoura de soja, que já tinha sido colhida.

Redação RIC Mais
Redação RIC Mais

24 de março de 2021 - 19:51 - Atualizado em 24 de março de 2021 - 20:06

Um tornado passou pela região rural de Castro, na tarde desta quarta-feira (24). O fenômeno se formou na Fazenda Cunhaporanga e depois seguiu rumo à região chamada Tabor. O tornado não causou grandes estragos, nem feriu ninguém, já que “andou” somente entre lavouras e levantou somente terra e palha de soja, que recém foi colhida.

O meteorologista Reinaldo Kneib, do Simepar, confirmou que o fenômeno tratou-se de um tornado, que é uma coluna de ar formada numa base de nuvem de chuva, que vai descendo até tocar o solo. O giro da coluna de ar no solo tende a sugar e jogar para cima tudo o que encontrar flutuante no solo.

Já a professora Karin Linete Hornes, doutora em Geografia e professora da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), informou que este tornado é do tipo ladspount. “Ele se forma em nuvens cúmulo nimbos, através de uma corrente de ar ascendente. Ou seja: uma corrente de ar quente que é leve e sobe com facilidade. O fenômeno está ligado a uma nuvem do tipo cúmulo nimbos jovens que não possui mesociclone e dura em média 15 minutos. São chamados de trombas e possuem um formato semelhante a uma corda. Podem gerar danos leves, em telhados e na vegetação como quebra de galhos”.

Assista vídeos do tornado em Castro. As imagens são do Portal A Rede:

Informamos aos nossos visitantes que nosso site utiliza cookies. Ao usar nosso site, você concorda com nossos Termos de Uso. A maioria dos navegadores aceita cookies automaticamente. Para ver quais cookies utilizamos, acesse nossa Política de Privacidade.